Inglaterra

Para se recuperar, United mira retrospecto em casa

Em 14 jogos no Old Trafford, foram 13 vitórias e apenas um empate nesta Premier League. Amparado nesse retrospecto, o Manchester United entra em campo neste sábado, mais uma vez em casa, para encarar o Bolton e se recuperar na competição. Na última rodada, os Red Devils foram batidos pelo Liverpool por 3 a 1, mas contaram com a sorte ao ver o Arsenal empatar com o Sunderland em casa.

De qualquer modo, após 29 rodadas, a vantagem da liderança do United sobre os Gunners é de apenas três pontos, e o rival de Londres está com uma partida a menos – o clássico contra o Tottenham. Por isso evitar um novo tropeço é fundamental para diminuir as pretensões alheias, e ao menos neste final de semana o adversário tende a facilitar. Afinal, desde novembro do ano passado os Wanderers não vencem um jogo longe de seus domínios, e nos últimos sete confrontos em Manchester perderam todos.

O United, porém, terá que se virar sem a presença de Alex Ferguson no banco de reservas. Punido com cinco jogos pela federação inglesa, devido às críticas feitas ao árbitro Martin Atkinson, na derrota por 2 a 1 para o Chelsea no início do mês, o veterano treinador assistirá ao duelo nas arquibancadas.

A equipe não contará com Paul Scholes, suspenso por duas rodadas após acumular dez cartões amarelos. além dele, a lista de lesionados é grande: Anderson, Owen Hargreaves, Nemanja Vidic, Rafael, John O'Shea e Rio Ferdinand. Jonny Evans, Darren Fletcher e Park Ji-Sung são dúvidas.

Blues, City, Gunners, Reds…

O Chelsea, que será o adversário do Manchester United nas quartas de final da Liga dos Campeões, reeditando a final de 2007/08, joga no domingo contra o Manchester City. Os Blues, com 51 pontos, precisam da vitória para recuperar o terceiro lugar, hoje ocupado pelo adversário, com 53, que, no entanto, tem um jogo a menos.

Na sexta, o atacante Didier Drogba admitiu ter ficado incomodado com a chegada de Fernando Torres a Stamford Bridge e a instalação de um rodízio no ataque do time. “Não foi fácil na primeira semana [em que Torres se juntou ao elenco], mas isso é normal. Hoje eu sei que estamos fazendo isso pelo bem da equipe. O time está mais competitivo”, afirmou o marfinense.

Do lado adversário, o problema é com o atacante Mario Balotelli, expulso infantilmente na vitória sobre o Dynamo Kiev por 1 a 0, resultado que eliminou o City da Liga Europa. Ele pode ser afastado pelo técnico Roberto Mancini. “Não acho que ele estará entre os relacionados. Não sei se foi um cartão amarelo ou vermelho, mas quando se joga uma partida assim, você deve prestar atenção”, repreendeu Mancini.

Já o Arsenal, na cola dos Red Devils, encara o West Bromwich fora de casa no sábado, buscando se manter próximo da ponta. O Liverpool, por sua vez, joga no dia seguinte contra o Sunderland, também fora.

Confira todos os jogos da 30ª rodada da Premier League:

Sábado, 19/mar
Tottenham x West Ham
Manchester United x Bolton
Wigan x Birmingham
West Bromwich x Arsenal
Stoke x Newcastle
Aston Villa x Wolverhampton
Blackburn x Blackpool
Everton x Fulham

Domingo, 20/mar
Sunderland x Liverpool
Chelsea x Manchester City

Veja as próximas partidas e a classificação do Campeonato Inglês.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo