Inglaterra

Nketiah assina novo contrato com o Arsenal e recebe a camisa 14 de Henry

Atacante de 23 anos ficou sem contrato ao final da temporada, mas Nketiah chegou a um acordo com o Arsenal e assinou novo vínculo de longo prazo

A saída do atacante Eddie Nketiah do Arsenal parecia certa após chegar ao final da temporada sem entrar em acordo para uma renovação do seu contrato, que acaba no dia 30 de junho. Contudo, neste final de temporada as coisas mudaram. Neste sábado, o Arsenal anunciou a renovação de contrato do jogador de 23 anos em “contrato de longo prazo”. Ele recebeu a icônica camisa 14, que já foi de Thierry Henry. Ele vestia a camisa 30 nesta temporada.

O final de temporada de Nketiah foi bastante animador: foram cinco gols nos últimos oito jogos, o que deixava o torcedor do Arsenal mais angustiado de perder esse jogador de graça ao final do contrato. Segundo a Sky Sports, no final de maio o jogador decidiu permanecer no clube, apesar do interesse de clubes como o Crystal Palace e o Borussia Mönchengladbach. O técnico Mikel Arteta foi crucial para convencer o jogador a continuar.

“Estou muito feliz que Eddie vá continuar conosco”, disse Arteta no comunicado divulgado pelo Arsenal. “Ele representa o que nós somos e todos os valores do clube. Estamos muito felizes que ele estendeu seu contrato conosco e agora temos que trabalhar e continuar a desenvolver o grande talento e a pessoa que temos nele”.

Henry vestiu a camisa 14 de 1999 até 2007 e se tornou o maior artilheiro da história do clube, com 228 gols marcados em duas passagens separadas – ele chegou a ser emprestado rapidamente ao clube em um semestre, em 2012. A camisa foi vestida por dois jogadores depois disso: Theo Walcott e Pierre-Emerick Aubameyang. Walcott marcou mais de 100 gols pelo Arsenal, enquanto Aubameyang fez 92 até deixar o clube para o Barcelona, em janeiro.

“As fundações deste elenco são construídas no talento jovem e em particular com aqueles que vieram das categorias de base. Eddie foi lançado em outro clube como um jogador jovem, mas sempre mostrou que tinha a atitude, assim como a habilidade, para se tornar um jogador de alto nível. O fato dele ter assinado um novo contrato é uma parte importante do nosso planejamento de elenco para a próxima temporada e estamos todos muito satisfeitos”, afirmou o diretor técnico do Arsenal, o brasileiro Edu Gaspar.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo