InglaterraItália

Mourinho pode ser o fator para que De Rossi vá ao Chelsea

Há muito tempo Daniele De Rossi é cotado para deixar a Roma. Cobiçado por grandes times europeus, o volante romanista tem resistido às propostas recebidas e caminha para seguir os passos de Totti, encerrando a carreira onde foi criado.

No entanto, um fator pode mudar radicalmente essa história: a cobiça de José Mourinho, recém-chegado ao Chelsea em sua segunda passagem. Recusando propostas do Manchester City no passado, De Rossi já não tem mais a mesma proteção da diretoria como antes. Enquanto os cartolas romanistas negavam qualquer tipo de negociação pelo jogador, hoje já admitem que o time está aberto a ouvir quanto os ingleses podem oferecer.

James Pallotta, presidente da Roma, pareceu frustrado com a temporada desequilibrada do seu time e está disposto a renovar o elenco por completo. A começar pelo insatisfeito De Rossi, que ganha um alto salário e já beira os 30 anos. Não que isso seja um empecilho para que ele continue no Olimpico, mas por outro lado, pode ser a última chance dele brilhar em outro lugar. E é aí que Mourinho entra na equação.

O português admite ter sondado De Rossi nos seus tempos de Inter e de Real Madrid. A alta pedida salarial foi um embargo na ocasião, mas agora o Chelsea parece querer investir pesado para tirá-lo da Roma. Jornais ingleses como o Mirror dizem que os londrinos gastarão cerca de €10 milhões mais o altíssimo salário de €6.5 milhões anuais.

Se novos ares não mexiam com a cabeça de Daniele para deixar o time giallorosso, certamente Mourinho e as cifras o farão. Afinal, ele também deve estar tão frustrado quanto Pallotta após o fiasco na última edição da Serie A. Não será mais nenhuma surpresa se De Rossi acabar no Chelsea. E no caso, essa transferência fará muito bem aos dois.

Mostrar mais

Felipe Portes

Felipe Portes é zagueiro ocasional, cruyffista irremediável e desenhista em Instagram.com/draw.portes

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo