Inglaterra

Liverpool busca continuar recuperação

Com três rodadas do Campeonato Inglês transcorridas, o Liverpool é o integrante do “Big Four” que faz a pior campanha: está em 13º lugar, com quatro pontos. Entretanto, o time de Roy Hodgson já começou certa ascensão, tendo vencido o West Bromwich, antes da pausa para as Eliminatórias da Euro 2012. E os Reds tentarão prosseguir com a recuperação, neste domingo, ao enfrentar o Birmingham, fora de casa, pela quarta rodada da Premier League.

Para a partida, o time deve ter duas novidades. Reforços conseguidos nos últimos dias da janela de transferências, o defensor Paul Konchesky e o meio-campista Raul Meireles podem entrar na equipe titular. Roy Hodgson ainda falou sobre o atacante Fernando Torres, que, aos poucos, vai sendo colocado na equipe, no decorrer dos jogos: “Levou tempo para que ele se recuperasse [de contusão], mas acredito que ele esteja pronto para seguir agora. Fernando só quer marcar gols e jogar futebol. Estou feliz que ele não tenha atuado pela seleção da Espanha. Ele estará pronto para o domingo, e tenho a sensação de que ele marcará.”

Outro reforço da equipe durante a pré-temporada, o meio-campista dinamarquês Christian Poulsen pediu paciência à torcida, para a sua adaptação ao futebol inglês: “A Liga é muito rápida, e preciso de tempo, mas ficarei bom, no fim.” Como desfalques para a partida, Hodgson terá a ausência de Dirk Kuyt, lesionado no ombro, e David Ngog, que tem problemas na coxa.

Do lado do Birmingham, o técnico Alex McLeish não poderá contar com um novo reforço, o meio-campista Aleksandr Hleb, contundido na perna. Sebastian Larsson, Kevin Philips e Stuart Parnaby também não estarão disponíveis, mas Jean Beausejour e Martin Jiranek, que chegaram no final da janela de transferências, estarão à disposição para a partida.

O escocês Barry Ferguson falou que a equipe está pronta para desafiar qualquer equipe na Liga dos Campeões: “Acho que lidamos bem com o porte físico de Bolton e Blackburn nesta temporada. Eles têm muita força no time. Podemos lidar com qualquer equipe, agora que jogamos contra os dois. Eles são os mais difíceis clubes de se enfrentar, num nível físico, na minha opinião.”

O líder Chelsea enfrentará o West Ham, no sábado, sem Frank Lampard, ainda se recuperando de uma hérnia. O técnico Carlo Ancelotti, por sua vez, disse que a partida representará um desafio: “Acho que será um jogo difícil, porque o West Ham não está em um bom momento. Eles perderam três jogos, não tiveram um bom começo para a temporada, e, talvez, tenham uma grande oportunidade de batalhar contra um time no topo.”

A má fase dos Hammers, lanternas da competição, também foi assunto das palavras do técnico Avram Grant: “A situação no West Ham não é boa, porque há muitas dívidas. Eu ficaria mais feliz com alguns milhões a mais para gastar, mas eu sei da situação. Os donos estão tentando fazer o melhor deles. Deve-se saber que, se eles não tivessem comprado o clube, ele poderia estar na falência.”

Começando a rodada, no sábado, o Manchester United visitará o Everton, no Goodison Park. E o experiente defensor Gary Neville falou sobre a equipe onde joga seu irmão, Phil Neville: “O Everton sempre parece começar devagar, mas eles virão fortes. Eu conheço um pouco deles, porque meu irmão joga lá, e eles são um grupo talentoso e em forma. Não houve uma vez em que eu estive no Goodison Park e a situação foi fácil.”

Confira os jogos da 4º rodada do Campeonato Inglês

Sábado, 11/setembro
Everton x Manchester United
Arsenal x Bolton
Fulham x Wolverhampton
Manchester City x Blackburn
West Bromwich x Tottenham
West Ham x Chelsea
Newcastle x Blackpool
Wigan x Sunderland

Domingo, 12/setembro
Birmingham x Liverpool

Segunda, 13/setembro
Stoke x Aston Villa

Clique aqui para conferir a tabela e a classificação do Campeonato Inglês

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo