InglaterraMundo

Lacazette precisou de 15 minutos para marcar seu primeiro gol pelo Arsenal

O reforço mais caro da história do Arsenal estreou como todo camisa 9 gosta: marcando gol. Alexandre Lacazette, reforço de € 53 milhões, entrou em campo no segundo tempo de amistoso contra o Sydney, na pré-temporada do time na Austrália. Ele estreou aos 23 minutos e não atuou como centroavante. Ficou atrás de Olivier Giroud. Mesmo assim, marcou o seu gol, já aos 38 minutos. E logo no seu primeiro chute a gol. O Arsenal venceu por 2 a 0.

LEIA TAMBÉM: Empresa do dono do Leicester é acusada pelo governo tailandês de fraudar R$1,36 bilhão

Foi também a estreia do novo uniforme reserva do clube. E o Arsenal teve um gol de alguém que não é tão acostumado assim a balançar as redes: o capitão Per Mertesacker, que aproveitou uma bola que sobrou na área depois de cobrança de escanteio. Ele vive seu último ano como jogador profissional, já tendo anunciado que irá se aposentar ao final da temporada 2017/18 para ter um cargo nas categorias de base do clube de Londres.

O gol de Lacazette veio no segundo tempo, em um contra-ataque muito bem executado pelo time. Bola roubada no meio-campo, velocidade pela direita por Iwobi e passe rasteiro para Lacazette finalizar bem e marcar 2 a 0. Em um time tão recheado de jogadores jovens, a torcida presente no estádio ANZ – cerca de 80 mil pessoas – assistiu ao primeiro gol do jogador francês no novo clube.

Claro que é só uma estreia e o Sydney não é um adversário à altura do que o Arsenal pretende nesta temporada. É só um treino, uma forma de tentar colocar o time em forma. Tanto que nem a formação é titular ainda, é recheada de garotos. Mas ver um atacante estrear com gol é sempre uma satisfação para quem contrata e para a torcida.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo