Inglaterra

Goleiro do Wolverhampton, Ikeme recebe belo tributo do clube após descobrir leucemia

Formado nas categorias de base do Wolverhampton, Carl Ikeme faz parte do elenco principal do clube desde 2003. O goleiro da seleção nigeriana rodou por diversos clubes, emprestado, mas nunca deixou de ter vínculo com os Wolves. Já nas últimas cinco temporadas, enfim se firmou na meta da equipe e era um dos jogadores mais aclamados no Estádio Molineux. Até que precisasse interromper a carreira de forma abrupta durante as últimas semanas. No início de julho, durante exames para a pré-temporada, o arqueiro de 31 anos descobriu ter leucemia. Por conta da doença, afastou-se do elenco e atualmente passa por tratamento.

A notícia sobre Ikeme foi recebida com natural lamentação no Wolverhampton. Contudo, o clube tem se mobilizado para oferecer todo o suporte ao goleiro. Ao lado de uma organização voltada ao combate da leucemia, o clube promove campanhas para levantar auxílio financeiro aos portadores da doença. Os torcedores vêm participando de maneira massiva, assim como os Wolves prometeram doar 10% da renda do jogo contra o Middlesbrough neste final de semana, pela primeira rodada da Championship. E ainda realizará uma belíssima homenagem ao ídolo.

Na última temporada, o Wolverhampton se notabilizou pelos desenhos criativos nas capas de seu “programa da partida” – uma revista sobre o jogo bastante popular nos estádios ingleses. Desta vez, Ikeme irá figurar na capa. O goleiro aparece em uma ilustração estilizada com as cores e o escudo do clube, produzida por Jody Craddock – ex-zagueiro dos Wolves que, após se aposentar, seguiu pelo caminho das artes. Já o desenho inicialmente preparado para ser o principal, com Paul Ince (ex-jogador dos adversários do dia), figurará na terceira página. Sensível gesto do clube com aquele que tanto merece apoio.

ikeme

ikeme1

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo