Inglaterra

[Galeria] A nova camisa do United fica muito melhor com os patrocinadores antigos

A nova camisa do Manchester United, que será oficialmente lançada neste sábado, tem tido várias imagens vazadas nos últimos meses, mas o modelo parece ser mesmo esse último que tem circulado nas redes sociais nas últimas semanas. Diante do novo modelo, maior parte da torcida manteve a mesma reclamação em relação à camisa da temporada passada: o escandaloso logotipo da Chevrolet, que ofusca quase todos os outros detalhes da peça. Diante da repercussão mais uma vez negativa em relação ao patrocinador, o site Footy Headlines decidiu mostrar como a camisa da temporada 2015/16 ficaria com antigos parceiros do United, e o resultado foi de longe bem melhor que o da atual patrocinadora.

VEJA TAMBÉM: Camisa do Dortmund para a Liga Europa ganhou diamantes, mas manteve a elegância

Começando pela Sharp, que patrocinou o United entre 1982 e 2000, e chegando até à AON, última empresa a estampar seu logotipo na camisa do time antes da chegada da Chevrolet, o Footy Headlines, que normalmente apenas divulga as imagens vazadas por outras pessoas na rede, apresentou o atual modelo com os quatro patrocinadores que passaram pela camisa. O modelo do novo uniforme pode até ter uns detalhes estranhos, como a dupla camada na barra, mas certamente fica bem melhor com as antigas parceiras do United.

No fim, o blog até apresenta uma alternativa para a Chevrolet, mantendo o logotipo como está, mas apenas na cor branca. E adivinhem? Problema parcialmente resolvido também. Não era difícil acertarem, mas parece que a empresa está disposta a causar o maior impacto possível diante da fortuna que investe para ter seu logotipo estampado.

[galeria_embeded]

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo