Inglaterra

‘Eu gostaria de trabalhar no Liverpool’: técnico deixa claro seu desejo

Arne Slot deixou claro que tem interesse em trabalhar no Liverpool e que time inglês está negociando com o Feyenoord

A cada dia que passa, o substituto de Jürgen Klopp como técnico do Liverpool parece cada vez mais próximo de ser conhecido. Se há algumas semanas nomes como Xabi Alonso, Rúben Amorim e Julian Nagelsmann pareciam ser uma das opções, atualmente o mais cotado é Arne Slot, do Feyenoord.

E nesta quinta-feira (25), o treinador holandês não só falou pela primeira vez sobre o tema, como de forma bastante direta, deixou claro o seu desejo. Em entrevista para a ESPN local antes da partida entre seu time contra o Go Ahead Eagles pela Eredivisie, Slot disse estar aberto a mudança e que de fato há conversas.

– Me parece claro que eu gostaria de trabalhar no Liverpool. Os clubes estão em negociação, por isso ainda estou esperando. Temos de esperar até que um acordo seja alcançado, mas tenho plena confiança de que isso vai acontecer.

As palavras de Slot vêm em um momento de suma importância para o Feyenoord. Segundo colocado da Eredivisie, o time de Roterdã precisa ganhar fora de casa para chegar aos 75 pontos e manter acesa uma esperança pelo título. Porém, caso a equipe empate ou perca, o PSV, que nesta quinta-feira goleou o Heerenveen por 8 a 0, será matematicamente campeão holandês por ter alcançado os 84 pontos até aqui.

Porém, nem isso apaga as expectativas tanto de Slot como uma das principais referências do Liverpool. Após a derrota por 2 a 0 para o Everton, o capitão Virgil Van Dijk vê com bons olhos a chegada do seu compatriota ao comando dos Reds para a próxima temporada.

— É difícil dar uma resposta sobre isso agora, mas, na minha visão, Arne Slot é um dos melhores treinadores holandeses do momento. Eu acho que a maneira como ele joga e a filosofia que ele adota fazem com que ele tenha o que é necessário para ser técnico do Liverpool — afirmou o defensor ao canal Viaplay.

Arne Slot ainda é um jovem treinador, mas já vem fazendo um trabalho relevante. Ele atuou como meio-campista de 1995 a 2013, e cerca de três anos após pendurar as chuteiras, fez sua estreia como técnico no Cambuur.

Um ano depois, ele se tornou auxiliar técnico no AZ, e em 2019, assumiu de maneira definitiva o comando da equipe, tendo levado o clube ao vice-campeonato em 2020. Em 2021, ele se tornou treinador do Feyenoord, onde conseguiu destaque já em sua primeira temporada. Sob o comando do técnico de 45 anos, o time de Roterdã foi vice-campeão da Conference League em 2022, e conquistou os títulos da Eredivisie em 2023 e da Copa da Holanda neste ano.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo