Para quem começou a temporada em crise, e nela seguiu durante algumas semanas, o West Ham está muito bem, obrigado. Ganhou as últimas quatro rodadas do Campeonato Inglês e tem apenas duas derrotas desde o fim de setembro. Está em quinto lugar, entre os líderes, e aumentou o seu leque de opções com a contratação de Jesse Lingard, por empréstimo até o fim da campanha.

Aos 28 anos, Lingard está ficando sem tempo para ficar muito melhor do que é: um jogador versátil, competente, e que ficou para trás no Manchester United com as chegadas de , Van de Beek, Cavani, a ascensão de Mason Greenwood e a recuperação de Anthony Martial. Os próximos meses no West Ham serão um teste para o que o futuro provavelmente reserva à sua carreira, um patamar abaixo do que esteve desde que estreou pelos Red Devils, com Louis van Gaal, em 2013.

Mas enquanto passava por empréstimos, teve contato com o então treinador do United, David Moyes. “Houve muitos clubes envolvidos, mas, para mim, senti que era a decisão correta. O clube está na direção correta e estou aqui para ajudar. Tive uma relação com o treinador, joguei com ele, então ele sabe minhas qualidades e o que eu posso agregar ao time”, afirmou o meia-atacante com 24 jogos pela seleção inglesa.

Moyes quer aproveitar a versatilidade de Lingard para usá-lo em diversas posições no ataque. A sequência mais recente de bons resultados foi alcançada com uma linha de armadores formada por Jarred Bowen, Saïd Benrahma e Pablo Fornales atrás de Michail Antonio ou Sébastien Haller, negociado com o . Os Hammers ainda buscarão mais um centroavante para ser reserva de Antonio.

“Eu o vi jogar quando era jovem, quando ainda era jogador de lado de campo pela direita, e eu o vi jogar pela esquerda. Ele jogou pela Inglaterra como camisa 10, jogou pela Inglaterra como camisa 8, e eu até acho que, se precisarmos, ele pode ser um falso nove. Estamos trazendo essa versatilidade. Quero tentar formar um time com energia neste momento, e Jesse é conhecido pelo seu índice de trabalho e esforço”, explicou Moyes.

Para concretizar a transferência, o West Ham teve que confirmar a contratação em definitivo de Saïd Benrahma, do Brentford, porque os clubes da Premier League podem ter apenas dois empréstimos domésticos ao mesmo tempo – o outro é Craig Dawson, do . Um dos poucos reforços dos Hammers no último mercado, o argelino tem sido uma das revelações da temporada.

Após fazer 40 jogos pelo Manchester United em 2019/20, Lingard entrou em campo apenas três vezes nesta temporada, duas pela Copa da Liga Inglesa e uma pela Copa da Inglaterra. Ainda não estreou nesta Premier League. “Queremos que Jesse volte revitalizado. Tivemos quase nenhuma e ele infelizmente não conseguiu me forçar a escalá-lo. Eu quero que ele se divirta, mostre o quanto é bom jogador e volte. Ele é dos pés à cabeça um jogador do Manchester United”, afirmou o treinador dos Red Devils, Ole Gunnar Solskjaer.

Lingaard tem 18 e 10 assistências em 133 partidas pela Premier League em sua carreira.

.