Inglaterra

Titular absoluto do Manchester City desfalca equipe em momento-chave da temporada

Nos próximos dias, Manchester City lutará pelos títulos da Premier League e da Copa da Inglaterra

O Manchester City terá desfalque de peso para os dois últimos jogos de sua temporada. Ederson sofreu fratura no rosto e só voltará a atuar pelos Citizens em 2024/25. A lesão do goleiro brasileiro se deu na última terça-feira (14), durante a vitória por 2 a 0 sobre o Tottenham, em Londres, pela Premier League. Nesta quinta (16), o clube confirmou o diagnóstico e afastamento do arqueiro.

O Manchester City informa que Ederson irá perder os dois jogos restantes da temporada devido a uma pequena fratura em sua cavidade ocular. O goleiro brasileiro sofreu a contusão durante nossa vitória por 2 a 0 sobre o Tottenham, na terça-feira. Desde então, ele passou por exames de imagem na área afetada, que revelaram uma pequena fratura na cavidade ocular direita. A lesão vai impedir que Ederson participe das partidas restantes da temporada 2023/24. Todos no clube desejam a Ederson uma rápida recuperação, informou o Manchester City.

Como Ederson se lesionou?

Ederson fraturou o rosto aos 17 minutos do 2º tempo contra o Tottenham. Após cruzamento de Kulusevski, Cristian Romero se esticou para tentar a finalização, mas o goleiro brasileiro, corajosamente, saiu do gol e impediu o tento dos Spurs. Com o rosto próximo ao gramado, o arqueiro dos Citizens acabou atingido pelo zagueiro argentino na cabeça, com parte da coxa, e foi a nocaute.

Estirado no chão, Ederson, em um primeiro momento, pareceu desacordado. Porém, logo se recuperou e mostrou lucidez. Jogadores dos dois times demonstraram preocupação com a situação do goleiro e solicitaram atendimento. Médicos do Manchester City entraram em campo e examinaram o brasileiro, que seguiu no jogo por mais três minutos.

Ederson precisou ser substituído em virtude do protocolo de concussão. Aos 23 minutos, Guardiola sacou o camisa 31, que deixou o campo muito irritado. Com semblante de poucos amigos, Ederson proferiu alguns xingamentos em inglês, ignorou abordagem do treinador espanhol e chutou algo no gramado ao se dirigir para o banco de reservas.

— Ederson recebeu um chute no olho, e inchou. Ele não podia enxergar direito. O médico veio para mim e falou claramente: “Pep, você tem que tirá-lo. Ele não está enxergando direito. Ele tem que ser substituído”. Se o médico falou, não há o que fazer… Eu entendo perfeitamente. Ele quer jogar. Eu entendo — disse Guardiola sobre a reação de Ederson ao ser substituído.

Quem substituirá Ederson?

Stefan Ortega será o goleiro titular do Manchester City nos dois últimos compromissos da temporada. Aos 31 anos, o arqueiro alemão defende o clube inglês desde 2022 e acumula passagens por Arminia Bielefeld e 1860 de Munique.

Falta de ritmo não será problema para Ortega. Afinal, o experiente goleiro já entrou em campo 18 vezes em 2023/24, sendo oito pela Premier League. No acirrado jogo contra o Tottenham, o paredão alemão parou Heung-min Son em oportunidade clara de gol e salvou o City, que naquela altura vencia apenas por 1 a 0. Após a partida, Guardiola exaltou substituto de Ederson.

— Podemos definir, como eu posso dizer… Como um time é um time com o Ortega salvando, senão o Arsenal é campeão. Ainda pode ser, se a gente não vencer o West Ham, mas essa é a realidade do futebol, onde as margens são tão apertadas.

Dois jogos e duas finais para o Manchester City

Com 88 pontos conquistados, dois à frente do Arsenal, o Manchester City lidera a Premier League e depende somente de si para faturar o tetracampeonato consecutivo — algo até então inédito na história da competição. Neste domingo (19), a partir das 12h (horário de Brasília), os Citizens enfrentam o West Ham, no Etihad Stadium, em jogo válido pela última rodada da Premier League.

Dia 25 de maio, o esquadrão de Pep Guardiola entra em campo para outra decisão. Em Wembley, encara o arquirrival Manchester United, em partida que vale a taça da Copa da Inglaterra.

Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo