Inglaterra

Diante dos riscos de falência do Derby County, Rooney garante: “Não acho que seja uma opção”

Treinador falou sobre as notícias mais recentes envolvendo o clube, que afirmam que o Derby County pode entrar em liquidação

O Derby County atravessa uma situação bastante delicada, após entrar em intervenção judicial no último mês de setembro. Os Rams já perderam 21 pontos por suas irregularidades financeiras na atual edição da Championship e ocupam a lanterna da segunda divisão, com apenas um ponto. E a crise pode levar o clube à falência, segundo o noticiário alarmante desta semana. O técnico Wayne Rooney, todavia, garante que o risco de liquidação não é real e que a administração deve encontrar uma solução.

Segundo as notícias mais recentes, o Derby County poderia entrar em liquidação caso não fosse reduzido o débito com o HM Revenue & Customs, a instituição governamental britânica responsável por recolher os impostos. A dívida é avaliada em £29,3 milhões e, segundo o Daily Mail, se parte desse montante não for amortizada, as chances de falência são consideráveis.

“O clube existirá. O clube crescerá. Eu vi as manchetes nos jornais durante os últimos dias e isso é novidade para mim. Não acho que haja nem mesmo a opção do clube entrar em liquidação. Sei que alguns funcionários, quando leem isso, ficam preocupados. Mas, do meu ponto de vista, há muitos compradores interessados no clube. Não é por falta de pessoas que querem entrar e assumir o clube, é puramente fazer isso, acertar os detalhes antes que aconteça”, afirmou Rooney.

“Esse clube não entrará em falência. Um novo proprietário chegará. Tivemos um revés, mas às vezes isso é bom. É uma chance de reiniciar e reconstruir, algo que sinto que esse clube precisava. Isso nos dá a oportunidade de fazer as coisas de maneira certa e tentar progredir com trabalho duro e determinação. Entendo a frustração da torcida, porque eles não entendem todos os detalhes. Mas, de acordo com todas as discussões que tive, o clube vai ficar bem”, complementou o treinador.

O Derby County entrou em intervenção judicial exatamente porque os proprietários do clube não cumpriram seus compromissos e uma administração externa foi estabelecida. O principal objetivo dessa gestão emergencial, além de reduzir o impacto do débito, é encontrar novos donos. Ainda assim, não há certezas no processo de aquisição dos Rams. Segundo Carl Jackson, um dos administradores atuais, a expectativa é de identificar um comprador em três semanas e concluir a venda no fim de janeiro.

Dos 21 pontos perdidos pelo Derby County na Championship, 12 foram pelo processo de intervenção judicial e outros nove por outras irregularidades financeiras. Com isso, o clube, que deveria estar logo acima da zona de rebaixamento com 22 pontos, ocupa a lanterna com um ponto e chances bem pequenas de escapar do descenso. Os Rams estão atualmente a 19 pontos de deixar o Z-3. O clube não disputa a terceira divisão desde 1986.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo