InglaterraPremier League

Di María culpa Van Gaal for fracasso no United: “Não deixaram que eu me adaptasse”

A passagem de Di María pela Inglaterra foi decepcionante, usando um termo brando. O argentino esteve longe de repetir as atuações com a camisa do Real Madrid, e depois de apenas uma temporada, trocou o Manchester United pelo Paris Saint-Germain.

LEIA MAIS: Ferguson: “Rashford é uma sensação e um dos melhores em anos”

Considerando que sua perna esquerda está fazendo estragos no Campeonato Francês, a resposta mais frequente sobre o motivo que impediu Di María de jogar bem na Premier League foi ele não ter se adaptado a um país diferente e um estilo de jogo mais corrido.

Di María falou com a BBC e deu sua versão da história. Disse que a questão não foi que ele não conseguiu se adaptar, mas que não permitiram que ele se adaptasse. Uma alusão clara a Louis van Gaal, que parece ser o principal alvo das críticas que o argentino soltou.

Não é legal dizer certas coisas, mas é mais que não permitiram que eu me adaptasse do que eu não consegui me adaptar. Eu fui embora e o time continua jogando da mesma maneira. Saiu da Liga Europa, está jogando mal, não está próximo de ser campeão inglês. Não acho que foi culpa minha ou seja culpa dos meus (ex) companheiros. Tentei fazer o melhor possível quando tive a oportunidade. As coisas não saíram como eu esperava e preferi ir para outro lugar para ser feliz e ganhar coisas importantes.

Eu jogava em uma posição, depois em outra. Fazia gols em uma posição e de repente eu estava em outra. Isso não me ajudou a me adaptar. É o treinador que decide em qual posição o jogador tem que jogar, mas o jogador tem que se sentir confortável em uma posição e se adaptar a ela. É o que estou fazendo aqui (no PSG) e tenho que agradecer ao treinador. Desde o começo, ele foi claro a respeito de qual posição quer que eu jogue e nunca mudou de ideia. Me deu toda a liberdade de me mexer para onde preciso me mexer. Estou muito feliz aqui e não foi o caso no Manchester United.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo