Inglaterra

Crise continua: Chelsea empata com Fulham

A saída de José Mourinho deixou seqüelas profundas no Chelsea. Neste sábado, mesmo jogando em casa diante do Fulham, adversário que luta para fugir do rebaixamento, os Blues não conseguiram sair do 0 a 0 com seu maior rival.

O dérbi do oeste de Londres foi surpreendentemente equilibrado. O Chelsea não conseguiu impor sua superioridade técnica e parecia sentir o trauma dos infortúnios recentes. Uma sensação reforçada quando Essien não foi aprovado em testes de vestiário e Terry foi substituído por sofrer uma fratura no rosto. Ficou ainda pior com a expulsão de Drogba, que voltava de contusão.

O cenário foi propício ao Fulham, que se fechou na defesa e contou com a boa atuação do goleiro norte-americano Keller para manter o 0 a 0. Os Cottagers não vencem o rival no Stamford Bridge desde 1979, mas sair com um ponto quando se luta contra o rebaixamento pode ser considerado um resultado positivo.

Quem também sofreu foi o Liverpool. A diferença é que os Reds conseguiram um golzinho salvador. O israelense Benayoun, aos 30 minutos do segundo tempo, deu a magra vitória ao atual vice-campeão europeu contra o pequeno Wigan.

Desse modo, o Liverpool continua a quatro pontos do líder Arsenal, que venceu o West Ham por 1 a 0 – gol de Van Persie – e mantém o impressionante aproveitamento no início da temporada. Os Gunners empataram uma partida e venceram todas as outras até o momento.

Apesar da disputa entre os grandes, o resultado que mais chamou a atenção nesta rodada de sábado foi de Portsmouth x Reading. A partida, que envolve times da parte de baixo da tabela, teve o extravagante placar de 7 a 4. O mais estranho é que o primeiro tempo terminou com um marcador convencional – 2 a 1 para o Portsmouth – e que apenas um jogador (Benjani) fez mais de um gol. No caso, o zimbabuano marcou três tentos.

Veja a tabela e os resultados do Campeonato Inglês.

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo