Copa da Liga Inglesa

VAR acertou? Esse é o motivo do gol de Van Dijk ter sido anulado

Mesmo estando atrás da linha dos zagueiros, Van Dijk teve o primeiro gol anulado no jogo entre Liverpool e Chelsea por conta de Endo, que participou do lance

Capitão e referência do Liverpool, Virgil Van Dijk foi o grande heroi do time no último domingo (25) ao fazer o gol da vitória que deu o título da Copa da Liga Inglesa aos Reds, na prorrogação, por 1 a 0. Entretanto, o holandês poderia ter sido o responsável por assegurar a vitória contra o Chelsea antes, ainda no segundo tempo, caso o VAR não tivesse anulado um gol que ele fez também de cabeça.

Após cruzamento na área de Andrew Robertson, Van Dijk se desvencilhou das marcações de Levi Colwill e Ben Chilwell para colocar o Liverpool à frente, no Estádio Wembley. Porém, após o árbitro assistente John Brooks indicar uma possível irregularidade, o juiz Chris Kavanagh foi ao monitor e, após revisão, anulou o gol do holandês, que não estava em posição irregular na hora da cobrança da falta.

O único jogador do Liverpool à frente da linha armada pelo Chelsea era Wataru Endo, que estava parado pouco antes da bola entrar na área. Apesar do único toque após o cruzamento ter sido de Van Dijk, a arbitragem considerou o lance irregular pela participação direta do volante japonês.

Posicionamento de Endo fez gol ser validado

Para ajudar Van Dijk a se desvencilhar de ao menos um de seus marcadores, Endo impediu que Cowill acompanhasse o holandês no lance. Caso não fosse o japonês, era possível que o zagueiro do time blue acompanhasse chegasse a bola antes de Van Dijk. Ao ir no VAR, o árbitro anulou o gol por conta da regra mundial que considera a participação de Endo, mesmo com ele não encostando na bola.

– Um jogador que se movimenta ou permanece em uma posição de impedimento no caminho de um adversário e interfere no movimento do adversário em direção à bola, esta é uma infração de impedimento se tiver impacto na capacidade do adversário de ir em direção à bola; se o jogador se colocar no caminho do adversário e impedir o progresso do adversário (por exemplo, bloquear o adversário), a infração deverá ser penalizada.

Apesar da frustração de Van Dijk, de Jürgen Klopp e da torcida do Liverpool, o holandês subiu mais vez e finalmente conseguiu fazer o heroico gol do título. Aos 10 minutos da prorrogação, o capitão dos Reds antecipou a marcação e apareceu no primeiro poste para estufar as redes do gol do Chelsea. O gol marcou o décimo título da história do Liverpool na competição, e que só não veio antes do conta do árbitro de vídeo. Mas nada que tirasse o brilho da equipe, que soube suportar a pressão de um bravo Chelsea para não deixar a peteca cair.

Cabem mais títulos

O título da Copa da Liga Inglesa foi o primeiro dos outros dois que o Liverpool ambiciona ainda nesta temporada. Mesmo desfalcado de atletas como Salah, Konaté, Núñez e Jota, os Reds ainda estão na liderança da Premier League com 60 pontos, a apenas 1 do vice-líder Manchester City e 2 do Arsenal, terceiro colocado. Ainda faltam mais 12 rodadas para o time se manter na primeira posição e garantir mais um título. E além do nacional, o Liverpool também tem a Liga Europa pela frente. O clube inglês vai encarar o Sparta Praga pela frente nas oitavas de final da competição continental. Desafios não faltarão para o Liverpool de Van Dijk e de Jürgen Klopp, que se despedirá dos Reds ao fim desta temporada.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo