Copa da Inglaterra
Tendência

O Grimsby Town, 16° da quarta divisão, eliminou o Southampton da FA Cup e volta às quartas após 84 anos

O Grimsby Town não disputava as quartas de final da Copa da Inglaterra desde 1939, quando ainda figurava na primeira divisão, e conseguiu uma façanha contra o Southampton, 64 posições acima na pirâmide do Campeonato Inglês

A Copa da Inglaterra entra nas quartas de final com amplas possibilidades de surpresas. Manchester United e Manchester City são os dois principais favoritos ao título. Brighton e Fulham tentam recompensar a ótima temporada que experimentam. Já a segundona tem três representantes ainda vivos: Burnley, Sheffield United e Blackburn. A sensação da competição, ainda assim, é o 16° colocado da League Two – a quarta divisão do Campeonato Inglês. O Grimsby Town foi o responsável por eliminar o Southampton, lanterna da Premier League, com a vitória por 2 a 1 dentro do Estádio St. Mary’s. É a primeira vez em 84 anos que o clube chega tão longe na FA Cup. Um time da quarta divisão para baixo não ficava entre os oito melhores do torneio desde 2016/17, quando o Lincoln City foi a sensação, então na quinta divisão.

O Grimsby Town está distante da primeira prateleira do futebol inglês faz tempo, mas possui uma história respeitável. O clube fundado em 1878 disputou a primeira divisão do Campeonato Inglês por dez temporadas, todas elas concentradas na primeira metade do Século XX. O período mais relevante dos Marinheiros aconteceu de 1929 a 1948, quase sempre na elite da liga nacional – apesar da interrupção das competições pela Segunda Guerra Mundial. Neste período, os alvinegros registraram suas duas melhores campanhas na Copa da Inglaterra, parando nas semifinais em 1936 e 1939. Já na década de 1950, a equipe teve a honra de ser treinada por Bill Shankly, mesmo que figurasse na terceirona.

O Grimsby Town ainda se manteve na Football League durante todo o século passado, presente na segundona pela última vez na temporada 2002/03. Todavia, o clube embicou para baixo e deixaria os níveis profissionais em 2010, quando caiu para a quinta divisão. Os Marinheiros voltaram à League Two em 2016, foram rebaixados de novo em 2021 e vêm de um acesso recente em 2022. Ganharam os playoffs da National League, com vitórias sobre outros bastiões do futebol britânico, como o Notts County e o Wrexham, antes da decisão contra o Solihull Motors. A campanha na atual League Two é razoável, com 12 pontos acima da zona de rebaixamento, o que deve garantir a manutenção na Football League.

O Grimsby Town aproveitou para se transformar em tormento mesmo na Copa da Inglaterra. Estreou logo com um 5 a 1 sobre o Plymouth Argyle, da terceira divisão. Na fase seguinte, a equipe eliminou outro oponente da terceirona, o Cambridge United. Também na terceirona, o Burton Albion foi a vítima seguinte. E o nível do desafio subiu nos 16-avos de final, com o triunfo no replay sobre o Luton Town, da Championship. O Southampton, de qualquer maneira, oferecia um desafio incomparavelmente maior. Mesmo assim, os Marinheiros se deram bem.

Que o Southampton ocupe a lanterna da Premier League, possui um elenco infinitamente superior e também vinha motivado pela vitória recente sobre o Chelsea. Nem isso evitou o desastre dentro de casa, com a ressalva de que a escalação vinha cheia de reservas – mas ainda assim nomes como Mislav Orsic e Carlos Alcaraz. O primeiro tempo seria dominado pelos Saints, mas com pouca eficiência nas conclusões. E a bola puniu, com um pênalti para o Grimsby numa raríssima chegada do time, aos 46 minutos. Lyanco meteu a mão na bola e Gavan Holohan converteu, na única finalização dos azarões em toda a primeira etapa.

Já aos cinco do segundo tempo, Duje Caleta-Car acertou um tapa nas costas de Danilo Orsi-Dadomo e concedeu outro penal. Holohan converteu de novo. Depois disso, o Southampton partiu para a pressão. O gol do time não demorou, aos 20 minutos, numa cobrança de escanteio que Caleta-Car conferiu sozinho no meio da área. Só que a falta de pontaria continuou pesando e, das 13 finalizações dos Saints em toda a segunda etapa, só essa acabou no alvo. Lyanco desperdiçou uma boa chance de se redimir. Além disso, um gol anulado de Theo Walcott frustrou um pouco mais a torcida da casa. Festa dos quatro mil visitantes que marcaram presença em St. Mary’s.

O Grimsby Town é apenas o sexto time da quarta divisão para baixo a chegar entre os oito primeiros da FA Cup na história. E a zebra pegará outro time da primeira divisão nas quartas de final, este bem menos propenso a derrapadas: o Brighton. Valerá pela história e, quem sabe, para tentar aprontar mais uma. Os outros duelos da próxima fase reunirão Sheffield United x Blackburn, Manchester City x Burnley e Manchester United x Fulham.

Foto de Leandro Stein

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreveu na Trivela de abril de 2010 a novembro de 2023.
Botão Voltar ao topo