Copa da Inglaterra

O maior clássico da Inglaterra vale vaga na semifinal, sobrevida ao United e perfeição ao Liverpool

Pela Copa da Inglaterra, um Manchester United que não aguenta mais crise encara um Liverpool vivo em todas as competições que disputa e já campeão na temporada

O maior clássico inglês define, neste domingo (17) um dos classificados à semifinal da Copa da Inglaterra. No lendário estádio Old Trafford, o Manchester United recebe o Liverpool em duelo que coloca times em situações bem opostas. Enquanto os donos da casa penam na Premier League e enxergam cada vez mais distante a chance de ir para as competições europeias pela competição, os visitantes empataram com o Manchester City na última rodada do Campeonato Inglês e seguem como candidatíssimos ao título na competição. Agora, ambos deixam o torneio em pontos corridos para trás e focam apenas na eliminatória em apenas um jogo.

Por que esse jogo é importante para o Manchester United?

Para o Manchester United a partida vale praticamente toda a temporada. Após um bom começo de 2024, a equipe perdeu duas vezes seguidas na Premier League e, mesmo tendo vencido na última rodada, viu minguarem suas chances de classificação à Liga Europa — para a Champions League já haviam se desfeito nos dois resultados negativos. Com isso, a Copa da Inglaterra, que dá vaga direta na segunda competição mais importante da Europa, além de render classificação, seria a chance do United conquistar alguma coisa na temporada.

Quem pode desequilibrar o jogo para o Manchester United?

Marcus Rashford, atacante

Marcus Rashford é a esperança de gols para o Manchester United

Não que venha tendo uma temporada, brilhante, mas o atacante inglês Marcus Rashford é a grande esperança de gols do Manchester United. Ele tem jogado como centroavante, que não é sua posição de origem, para cobrir a ausência de Rasmus Højlund, que está fora desde a metade de fevereiro por conta de lesão. Na derrota para o Manchester City, Rashford abriu o placar para os Red Devils, mas o time não aguentou a pressão e levou a virada. A torcida clama que ele se mantenha igual neste mata-mata, mas que o resto do time haja diferente.

  • Marcus Rashford participou de dois jogos na Copa da Inglaterra e não fez gols
  • Contra o Wigan, o atacante inglês deu uma assistência
  • Na Premier League, Rashford já fez sete gols

Por que esse jogo é importante para o Liverpool?

Se o Manchester United precisa da vitória para salvar o que resta da temporada, o Liverpool a necessita para tentar manter seu ano perfeito. Disputando ponto a ponto a liderança da Premier League, campeão da Copa da Liga Inglesa e classificado às quartas de final da Liga Europa, os Reds vão fazendo uma temporada de despedida e tanto para o técnico Jürgen Klopp, que deixará o time em junho e pretende sair com máximo de taças conquistadas.

Quem pode desequilibrar o jogo para o Liverpool?

Mohamed Salah, atacante

Mohamed Salah está fisicamente recuperado após lesão que o tirou de duas partidas

Após passar quase todo fevereiro afastado por conta de lesão, Mohamed Salah, mesmo vindo do banco, participou dos últimos dois jogos do Liverpool e parece estar saudável fisicamente. Será de suma importância contra o Manchester United não apenas por sua qualidade, mas também pela liderança em campo, crucial para os Reds, que no momento sofrem com diversos jogadores machucados e têm entrado com times recheados de jovens nas últimas partidas.

  • Salah ainda não fez nenhum jogo nesta edição da Copa da Inglaterra
  • O egípcio se machucou em 17 de fevereiro, contra o Brentford, seu último jogo como titular: nele, fez um gol e deu uma assistência
  • Na Premier League, são 22 partidas disputadas e 15 gols marcados
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo