Copa da Inglaterra

Um golaço de Pedro Porro eliminou o Burnley e classificou o Tottenham na Copa da Inglaterra

Tottenham eliminou o Burnley da Copa da Inglaterra com bomba de fora da área de Pedro Porro

Só uma bomba de fora da área do lateral-direito Pedro Porro, aos 32 minutos do segundo tempo, foi capaz de furar o bloqueio do Burnley nesta sexta-feira (5), em partida pela 3ª rodada da Copa da Inglaterra. A vitória magra por 1 x 0 garantiu a classificação do Tottenham para quarta fase, prévia às oitavas de final da competição, uma chance de título aos Spurs, que não levantam uma taça desde 2008.

Vale citar que é o primeiro jogo de Ange Postecoglou sem Son Heung-min, Pape Sarr e Yves Bissouma, todos em compromissos por suas seleções, o primeiro na Copa Asiática e os últimos na competição africana.

1º tempo começa em bom ritmo, mas perde emoção no fim

Sem zagueiros em condições físicas ideias, Ange Postecoglou manteve a formação com os dois laterais Emerson Royal e Ben Davies como dupla de zaga, contando com o apoio de Rodrigo Bentancur na saída de bola. Como de praxe na temporada, os alas Pedro Porro e Destiny Udogie jogavam por dentro no momento ofensivo, se juntando a Oliver Skipp e Giovani Lo Celso. Richarlison estava no comando do ataque, com Brennan Johnson dando amplitude pela esquerda e Dejan Kulusevski na direita.

Vicent Kompany manteve o 4-4-2 das últimas partidas e mostrou personalidade nos primeiros minutos. Indo ao ataque, deu as duas primeiras finalizações. A mais perigosa veio de longe, pelos pés de Wilson Odobert, que arriscou e Guglielmo Vicario espalmou para lateral. O susto serviu para os Spurs acordarem. A partir dos 10, passaram a dominar as ações ofensivas e se aproximarem do gol.

Uma bonita trama de passes por dentro deu a primeira chance ao Tottenham. Richarlison chegou na área e chutou cruzado, sem direção ao gol adversário. Johnson, muito bem acionado à esquerda com lançamentos, recebeu nova chance, cortou para dentro e bateu colocado para ótima defesa de Arijanet Muric.

Nesse momento complicado, o Burnley quase abriu o placar. Anass Zaroury estava na frente da área e deu uma cavadinha na medida para Zeki Amdouni, que ficou na cara de Vicario, mas dominou mal e quando foi chutar mandou por cima do gol.

Após as chances consecutivas, o time visitante soube se defender bem e impediu que os Spurs levassem perigo pelo restante da etapa inicial.

Pedro Porro tira golaço da cartola para classificar o Tottenham

No intervalo, Kompany trocou o ataque ao substituir Lyle Foster por Jacob Bruun Larsen. Sem trocas, o Tottenham veio para etapa final a fim de abrir o placar. Conseguiu escanteio logo nos primeiros movimentos e cobrou rápido. A bola chegou em Lo Celso na entrada da área, que finalizou colocado de canhota buscando o ângulo e viu Muric brilhar com nova defesa. O Burnley foi mandar a primeira tentativa aos cinco, com chute do capitão Josh Cullen sem direção.

Postecoglou fez a primeira troca ao colocar Bryan Gil na vaga de Lo Celso. Com isso, Kulusevski passou a jogador por dentro, Johnson à direita e o jovem espanhol à direita. Ao mesmo tempo, os Clarets promoveram a entrada de Josh Brownhill no lugar de Odobert.

Rondando a área adversário, por pouco o time da casa não abriu o placar quando o relógio chegou aos 20 minutos. Em bonita jogada, desde a defesa até o ataque, chegou em Udogie na esquerda, que cruzou para Johnson, completamente sozinho, finalizar em cima de Muric. Logo após o susto, Kompany efetuou as últimas três trocas da equipe.

Com apenas um chute até meia hora de segundo tempo, o Burnley mostrava muita dificuldade para sair do campo de defesa. O Tottenham pressionava e impedia qualquer transição ofensiva dos visitantes. Os Spurs, dominando completamente a posse, enfim conseguiram furar o bloqueio adversário. Após se recuperar de um ataque do time da casa, o Burnley saiu jogando errado e deu de graça para Pedro Porro. O lateral-direito espanhol até tinha a opção de tocar para linha de fundo, mas decidiu mandar uma bomba de fora da área, que foi como um foguete às redes.

Tottenham
Porro marcou um golaço (Foto: Tottenham)

O gol não impediu o Tottenham de continuar em cima. Quase ampliou com Ryan Sessegnon, vindo do banco, se aproveitando de novo erro na saída de bola e chutando colocado para fora. O Burnley ameaçou um abafa, mandando até o goleiro para dois escanteios. Muric até conseguiu desviar um corner e quase marcaram. Antes, o zagueiro Hannes Delcroix tentou e Pierre-Emile Højbjerg tirou um gol quase certo. No fim, o 1 a 0 se manteve no placar, para alegria dos torcedores no Tottenham Hotspur Stadium.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius é nascido e criado em São Paulo e jornalista formado pela Universidade Paulista (UNIP). Escreveu sobre futebol nacional e internacional no Yahoo e na Premier League Brasil, além de esports no The Clutch. Como assessor de imprensa, atuou no setor público e privado.
Botão Voltar ao topo