InglaterraPremier League

Com senadores no poder, Chelsea enfrenta Man City

O renovado Chelsea fará um clássico neste meio de semana para testar a sua força. Os Blues, que venceram o Leicester no fim de semana e avançaram às semifinais da Copa da Inglaterra, terão pela frente o Manchester City no estádio Etihad, em Manchester. Se os Blues tentam manter a boa fase e arrancar em busca da vaga na Liga dos Campeões da próxima temporada, o Manchester City tem como missão impedir a disparada que o Manchester United já ameaça.

Os dois times fizeram um jogo emocionante no primeiro turno, quando o Manchester City abriu o placar, mas o Chelsea conseguiu a virada que deu os três pontos ao time. No último jogo entre os dois times no Etihad, o City venceu com um gol isolado de Carlos Tevez, que pode voltar a atuar justamente nesta quarta-feira.

Roberto Mancini terá os desfalques de Vincent Kompany, Joleon Lescott, Gareth Barry e Pablo Zabaleta. O técnico ainda espera que ao menos alguns deles consigam se recuperar a tempo de estarem em campo na quarta-feira. Por outro lado, o ataque terá Sergio Agüero, que já marcou 23 gols na temporada em 40 jogos, com oito assistências. David Silva, um dos destaques do time e principal articulador de jogadas, é outro que estará em campo.

O meio-campo, Yayá Touré tem sido importante por poder atuar em diversas posições. Versátil, joga como volante ou meia ofensivo, ajudando tanto na marcação quanto na criação, além de oferecer muita força física ao time. Com desfalques na zaga, quem deve começar jogando é Kolo Touré e, se nenhum dos zagueiros titulares estiver disponível, Stefan Savic, que se mostrou atrapalhado nos últimos jogos, deve também começar o jogo.

Carlos Tevez deve começar a partida no banco de reservas e entrar em algum momento. O jogador fez três jogos pelos reservas e marcou gol em dois deles. A sua capacidade de decidir partidas pode ser mais um fator para levar o time a vitórias fundamentais nesta reta final de Premier League.

Chelsea a todo vapor

Quatro vitórias em quatro jogos. É assim que o retrospecto de Roberto DI Matteo anima os torcedores, que conseguiram classificação na Copa da Inglaterra, na Liga dos Campeões e vitória no Campeonato Inglês. Mais: os senadores do time voltaram a ter boa atuação, foram decisivos e até Fernando Torres saiu da seca de gols que já durava mais de 25 horas de jogo dentro de campo, ou pouco mais de cinco meses.

Didier Drogba, Frank Lampard e John Terry ficaram fora do jogo da Copa da Inglaterra, poupados, e devem estar de volta na quarta-feira. Juan Mata comandará a criação de jogadas do time, com Lampard e Ramires ajudando o time. Michael Essien deve ser titular no meio-campo, dando mais força de marcação ao time.

A defesa é o ponto mais importante da mudança que DI Matteo promoveu após a saída de André Villas-Boas. O setor não marca mais tão adiantado e, assim, o desempenho de jogadores como David Luiz e Ashley Cole melhorou. John Terry voltou a ter boas atuações e dá segurança à zaga.

Com os dois times precisando da vitória e com a recuperação do Chelsea, o que se espera é um jogo equilibrado. Se vencer, o Chelsea pode chegar a 52 pontos e se igualar ao Arsenal, que tem um jogo difícil contra o Everton fora de casa. Já o City precisa vencer para voltar a deixar a diferença em um ponto para o rival United. 

Confira os jogos da 29ª rodada do Campeonato Inglês:

Sábado, 17/mar
Fulham 0x3 Swansea City
Wigan 1×1 West Bromwich

Domingo, 18/mar
Wolverhampton 0x5 Manchester United
Newcastle United 1×0 Norwich City

Terça-feira, 20/mar
Aston Villa x Bolton
Blackburn x Sunderland (adiado)

Quarta-feira, 21/mar
Manchester City x Chelsea
Tottenham x Stoke City
Everton x Arsenal
Queens Park Rangers x Liverpool

Mostrar mais

Equipe Trivela

A equipe da redação da Trivela, site especializado em futebol que desde 1998 traz informação e análise. Fale com a equipe ou mande sua sugestão de pauta: [email protected]

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo