EuropaInglaterraItáliaLiga Europa

Cadê defesas? Udinese vence Liverpool em jogo de cinco gols

Liverpool e Udinese fizeram uma partida com o placar bastante movimentado em Anfield. Os mandantes saíram na frente, mas a Udinese virou o jogo e ainda viu o Liverpool descontar e o placar terminar em 3 a 2 para os visitantes.

No primeiro tempo, o Liverpool conseguiu sair na frente. Em uma jogada trabalhada pelo meio, Jonjo Shelvey abriu na direita para Downing, que cruzou bem para a área e o próprio Shelvey tocou de cabeça para as redes, aos 23 minutos do primeiro tempo.

Só que no segundo, o caldo entornou. Antonio Di Natale tabelou com Lazzarri e, dentro da área, finalizou com a precisão costumeira para empatar, logo no primeiro minuto da etapa final. O Liverpool então levou a campo Luis Suárez e Steven Gerrard, que estavam no banco. E o jogo ganhou emoção.

Aos 25 minutos, em um cruzamento para a área, o zagueiro Sebastian Coates tocou de cabeça e marcou gol contra. Era a virada da Udinese para 2 a 1. E não deu nem tempo do torcedor absorver. Aos 27, Di Natale recebeu dentro da área, fez embaixadas com a bola e tocou para Giovanni Pasquale chegar batendo de fora da área e marcar 3 a 1 Udinese.

O Liverpool conseguiu diminuir rapidamente, deixando o jogo aberto. Aos 30 minutos, Suárez cobrou falta com grande categoria e o placar foi para 3 a 2 para os visitantes. Os Reds passaram a pressionar então, buscando o gol de empate. O time tentou, na base do abafa e de cruzamentos, mas não conseguiu. O placar terminaria 3 a 2 para a Udinese e os friulani quebram uma série de 13 jogos sem perder do Liverpool em Anfield por competições europeias.

Com isso, a Udinese chega a quatro pontos e se iguala ao Anzhi Makhachkala na liderança do Grupo A. O Liverpool tem três e o Young Boys tem apenas um.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo