Inglaterra

Benjamin Mendy, do Manchester City, é indiciado por quatro acusações de estupro e uma de agressão sexual

O clube inglês confirmou em comunicado que o lateral esquerdo de 27 anos está suspenso e aguardando a investigação

O lateral esquerdo do Manchester City, Benjamin Mendy, 27 anos, foi indiciado nesta quinta-feira por quatro acusações de estupro e uma de agressão sexual pela polícia de Chesire, ao sudoeste de Manchester.

As acusações, segundo o comunicado da polícia, se relacionam a três jovens com mais de 16 anos e teriam acontecido entre outubro de 2020 e agosto de 2021. Mendy está sob custódia da polícia e deve aparecer no tribunal de Chester na próxima sexta-feira.

“A polícia de Cheshire e a Promotoria gostariam de lembrar a todos de que o processo criminal contra Mendy está em andamento e ele tem o direito a um julgamento justo. É extremamente importante que não haja reportagens, comentários ou compartilhamento de informações na internet que possam de alguma maneira prejudicar o processo em andamento”, disse o comunicado.

Em um comunicado, o Manchester City afirmou que Mendy está suspenso enquanto as investigações estão em andamento. “O assunto está sujeito a um processo legal e o clube é, portanto, incapaz de fazer mais comentários até que o processo seja completo”, disse o clube.

Após ser campeão francês pelo Monaco, Mendy foi contratado pelo Manchester City por cerca de € 58 milhões para ser o titular da lateral esquerdo, mas sérias lesões prejudicaram seus dois primeiros anos na Inglaterra e ele nunca se firmou de verdade no time de Pep Guardiola.

Tem entrado e saído da equipe nas últimas duas temporadas. Na campanha mais recente, fez apenas 13 jogos pelo Campeonato Inglês de 2020/21 e 20 contando todas as competições. Ainda tem dois anos de contrato.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo