Inglaterra

Aston Villa contrata Leon Bailey e está montando um ataque dos mais interessantes da Premier League

Seria ainda mais interessante se o clube de Birmingham conseguisse segurar Jack Grealish, cada vez mais perto do Manchester City

O Aston Villa reforçou ainda mais o seu ataque para a próxima temporada da Premier League com a contratação do ponta jamaicano Leon Bailey, rápido e promissor jogador de 23 anos que passou as últimas quatro temporadas atormentando laterais na Alemanha com a camisa do Bayer Leverkusen.

Bailey se junta a Emiliano Buendía entre os principais negócios do clube de Birmingham nesta janela. Buendía foi o craque da última edição da Championship com 15 gols e 17 assistências e tem experiência de Premier League por aquela temporada em que o Norwich bateu na elite e voltou para a segunda divisão.

Os dois gostam mais de atuar no lado direito do ataque, mas, se encaixados no mesmo time, serão uma fonte rara de criatividade, velocidade e dribles para um clube do segundo escalão da liga inglesa, que ainda conta com jogadores como Bertrand Traoré, El Ghazi e Trezeguet para promover rotações e ter cobertura no elenco contra lesões.

Tudo isso para municiar o brasileiro Wesley, voltando de lesão, e principalmente Ollie Watkins, artilheiro do time na última Premier League com 14 gols. Seria um ataque ainda mais apetitoso se Jack Grealish decidisse ficar no Aston Villa, mas a imprensa inglesa o coloca cada vez mais próximo de uma transferência de £ 100 milhões para o Manchester City.

Parte desse dinheiro já está sendo bem investido, com £ 35 milhões desembolsados por Buendía, 24 anos, e agora entre £ 25 milhões e £ 30 milhões em Bailey, 23, autor de 15 gols e 11 assistências pelo Leverkusen na última temporada, a sua melhor em números individuais desde que chegou do Genk em 2017.

O bom rendimento chegou após duas temporadas mais apagadas, oscilação normal a um jogador ainda muito jovem e que se sente pronto para dar o próximo passo da sua carreira. “Para mim, é um grande clube, com muita história, e o passo certo para mim. Estou empolgado para começar. Sempre foi um lugar onde eu queria jogar. Sinto que é a hora certa e estou animado. Espero que consiga fazer meu melhor e ter uma grande temporada na Premier League”, afirmou Bailey ao site oficial do Villa.

Sobre o seu estilo de jogo, Bailey disse que gosta de dar assistências e de fazer gols, mas que tentará sempre tomar a decisão correta. “Não estou sempre pensando em marcar. Também estou pensando sobre o time. Independente da situação em que eu estiver, eu tento me adaptar e melhorar o time. Se houver uma oportunidade para mim, vou aproveitar. Se alguém estiver em uma posição melhor, farei o passe e darei a assistência”.

“Gosto de divertir os torcedores, fazer meus truques, usar minha velocidade e dificultar a vida dos defensores”, encerrou Bailey, com nove jogos pela seleção jamaicana e que acabou de participar da Copa Ouro, em que o seu time foi derrotado pelos EUA nas quartas de final.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo