Inglaterra

Assistente do Nottingham Forest é suspenso por xingamento pesado ao árbitro

Episódio aconteceu após a épica vitória do Liverpool por 1 a 0 nos acréscimos; auxiliar terá de pagar multa e está suspenso de dois jogos do Nottingham Forest na Premier League

As dores de cabeça não param no Nottingham Forest. Uma semana depois de perder 4 pontos por quebrar regra do Fair Play financeiro da Premier League e entrar na zona de rebaixamento do campeonato, o clube terá de lidar com uma multa e a ausência de um dos principais membros de sua comissão técnica.

Isso porque na última quarta-feira (27), Steven Reid, auxiliar técnico de Nuno Espírito Santo, foi punido pela Premier League com dois jogos de suspensão e o pagamento de uma multa de 5.800 euros.

No dia 2 de março, o Nottingham Forest foi derrotado pelo Liverpool com um único gol marcado nos acréscimos por Darwin Núñez. No fim da partida, Reid, que jogou como meio-campista por Blackburn Rovers, West Bromwich e pela Seleção Irlandesa, foi na direção do árbitro Paul Tierney e o xingou, o que lhe rendeu um cartão vermelho já depois do apito final. O árbitro descreveu a cena na súmula da partida.

“It's the same every week you cunt! I worked with you lot every fucking week last season it's the same every fucking week you cunt!” (Lido com você nos jogos todas as semanas desde a temporada passada. E é a mesma coisa toda semana, seu ‘cunt'), escreveu Tierney na súmula. O xingamento não tem tradução literal em português, mas, no Reino Unido, é comumente usado como uma ofensa homofóbica, para designar alguém desagradável, inútil, ou então como uma palavra vulgar para vagina.

Lista de problemas do Nottingham Forest só aumenta

Além da punição a Reid, que negou ter ofendido o árbitro, o Nottingham Forest também terá de pagar 87 mil euros de multa por não evitar o comportamento inadequado de um de seus funcionários. Um problema a mais para um time que luta desesperadamente para sair das últimas posições.

Dos nove jogos restantes, Steven Reid não estará presente na partida do Nottigham no próximo sábado (30), contra o Crystal Palace, no City Ground, e também do jogo frente ao Fulham, no mesmo local, na próxima terça-feira (2). Atualmente com 21 pontos desde a punição, o Nottingham Forest ocupa atualmente a 17ª posição, sendo o primeiro time da zona da degola, mas a apenas um ponto do Luton Town, o 16º colocado.

E para os importantes duelos, o Nottingham terá importantes desfalques. Além dos laterais Gonzalo Montiel e Nuno Tavares, o zagueiro Willy Boly e os atacantes Chris Wood e Taiwo Awoniyi não devem atuar ao menos neste fim de semana. Uma responsabilidade a mais para atletas como Murillo, Origi, Elanga e Gibbs-White, que terão de liderar um desesperado time para fora da zona de rebaixamento quanto antes. E de preferência, sem xingar ninguém da arbitragem, muito menos de ‘vadia'.

 

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo