Inglaterra

Arsenal vira e afunda mais o Liverpool

Para encerrar a rodada do final de semana da Premier League, o Liverpool recebeu o Arsenal em Anfield e acabou sofrendo a virada e perdendo por 2 a 1 no clássico inglês. O resultado complica ainda mais os planos dos Reds de encerrar entre os quatro primeiros, buscando vaga para a próxima edição da Liga dos Campeões, enquanto os Gunners estão em terceiro lugar, com 31 pontos – seis a menos que o líder Chelsea.

A partida começou intensa e equilibrada. O Liverpool procurava manter a posse de bola e trocar passes, sem conseguir atravessar a defesa do Arsenal, enquanto os Gunners eram desarmados antes de chegar na zaga dos Reds.

Nas tentativas de chutes de longe dos Reds, o goleiro Manuel Almunia não teve dificuldades em afastar. O Arsenal apostou nos contra-ataques e em lances de velocidade para tentar surpreender Pepe Reina. Apesar de poucos chutes a gol, o Liverpool se posicionou de forma mais ofensiva durante o primeiro tempo, mesmo sem conseguir ameaçar os Gunners.

Foi somente no final do primeiro tempo, aos 42 minutos, que o placar foi alterado. Após cobrança de falta de Fábio Aurélio, Almunia defendeu mal e, no rebote, a bola sobrou nos pés de Dirk Kuyt, que chutou forte para o fundo das redes, colocando os Reds à frente no placar.

O Arsenal voltou mais atento na segunda etapa, e arrancou o empate com apenas cinco minutos. Samir Nasri chegou pela direita e cruzou na área para Jamie Carragher, que deu um leve toque e, quando tentou afastar, o defensor dos Reds Glen Johnson acabou colocando a bola nas próprias redes: 1 a 1.

Aos 13 minutos, veio a virada, e o desespero da torcida em Anfield: Andrei Arshavin recebeu cruzamento pela direita na boca da área e deu um forte chute para o gol, que o goleiro Reina só pôde observar, virando para os Gunners.

Diante do pior, o Liverpool buscou a reação logo em seguida e continuou firme no jogo, mas pareceu não contar com a sorte. O técnico Rafael Bentítez mexeu então o time, colocando em campo Alberto Aquilani no lugar de Javier Mascherano.

Na metade do segundo tempo, o Liverpool voltou a dominar e chegar muito mais vezes com perigo na defesa dos Gunners, mas os adversários se fecharam de forma que o meia Steven Gerrard não conseguia fazer a bola alcançar os atacantes, e as jogadas eram desarmadas antes de assustar o goleiro Almunia.

Veja os jogos da 16ª rodada da Premier League:

Sábado, 12/dezembro
Stoke 2×2 Wigan
Hull 0x0 Blackburn
Burnley 1×1 Fulham
Chelsea 3×3 Everton
Bolton 3×3 Manchester City
Sunderland 1×1 Portsmouth
Birmingham 1×0 West Ham
Tottenham 0x1 Wolverhampton
Manchester United 0x1 Aston Villa

Domingo, 13/dezembro
Liverpool 1×2 Arsenal

Confira a tabela e a classificação do Campeonato Inglês.

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo