InglaterraPremier League

Arbitragem polêmica e freguesia: Sunderland passeou no clássico com o Newcastle

O retrospecto do Sunderland no clássico contra o Newcastle, de dois times do nordeste da Inglaterra, é espetacular. São seis vitórias nos últimos seis jogos. A mais recente delas neste domingo, em um jogo com polêmica de arbitragem, em um pênalti e expulsões no mínimo muito controversos, e uma boa atuação do time que, até então, não tinha vencido nenhuma vez em nove rodadas da Premier League. O placar por 3 a 0 parece incontestável, mas não foi. O jogo foi muito mais equilibrado do que parece.

LEIA TAMBÉM: Na Inglaterra técnico também cai: Sherwood é demitido do lanterna Aston Villa

O contexto aqui é importante. O Sunderland entrou no jogo como lanterna, com três pontos. Não tinha vencido nem uma vez sequer. O Newcastle entrou como 18º colocado, com uma vitória apenas, e conquistada justamente na rodada anterior. Uma injeção de ânimo no time, que vinha desse retrospecto recente muito ruim no clássico contra o rival. Tudo isso é importante para entender que o jogo, mesmo sendo de dois times lá de baixo da tabela da Premier League, valia muito.

No primeiro tempo, o Newcastle era até um pouco melhor, embora o jogo fosse equilibrado. Só que um lance no final do primeiro tempo mudou bastante o andamento do jogo. Aos 47 minutos, Defoe, que entrou no lugar do lesionado Toivonen, deu passe para Fletcher. O atacante escocês tomou um encontrão do zagueiro Fabrizio Coloccini dentro da área. Um lance aparentemente normal, mas o árbitro deu pênalti. Pior ainda: expulsou o jogador argentino, por considerar que seria uma chance clara e manifesta de gol. Veio o gol de Adam Johnson, batendo a penalidade, e abrindo o placar.

Este é um lance decisivo do jogo, que acabou deixando o Sunderland muito mais à vontade para dominar a segunda etapa na posse de bola. O Newcastle até tentou, mas não conseguia marcar. Veio o segundo gol, então, aos 20 minutos da etapa final, com Billy Jones. Ficou muito difícil. O Sunderland, já sabendo que tinha uma grande vantagem, aproveitou para controlar ainda mais o jogo. O Newcastle desanimou. O terceiro gol, aos 41 minutos, de Steven Fletcher, só selou uma vitória que já parecia consolidada.

O Sunderland passa o próprio Newcastle na tabela, com seis pontos, na frente pelos critérios de desempate. Mas este Tiny-Wear Derby ficará marcado por uma decisão contestável do árbitro Robert Madley, que mudou o rumo do jogo. E por mais uma atuação sem graça do Newcastle, que justifica porque o time está tão mal.

Veja o lance polêmico, o pênalti de Coloccini em Fletcher:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo