Inglaterra

Agora é o Chelsea quem dá chapéu e contrata Marc Cucurella, desejado pelo Manchester City

Aos 24 anos, Cucurella é revelação do Barcelona e foi destaque do Brighton. O espanhol queria jogar a Champions League

Quem diria que o Chelsea acabaria dando um chapéu nesta janela, depois de tomar dois do Barcelona com Raphinha e Jules Koundé. Os Blues conseguiram contratar o lateral e ala esquerdo Marc Cucurella, de 24 anos, que era desejado pelo Manchester City. O preço não foi barato: £ 55 milhões, com outros £ 7 milhões em cláusulas de desempenho.

Cucurella assinou até 2028 e ele já está inscrito para atuar no fim de semana contra o Everton, neste sábado. O jogador era muito desejado para ser o lateral esquerdo no Manchester City, que precisava de alguém da posição. Foi o Chelsea, porém, que conseguiu levar o jogador, revelação da base do Barcelona.

Embora tenha sido revelado em La Masía, nunca teve chance no time principal. Foi emprestado ao Eibar e ao Getafe, que o contratou em definitivo em 2020 por € 11,8 milhões. O Brighton o contratou um ano depois, em agosto de 2021, por € 18 milhões.

O Chelsea agora é o seu novo destino para brigar por uma posição no elenco dos Blues, que tem ainda Ben Chilwell, Marcos Alonso, que deve sair, já que interessa ao Barcelona, além do brasileiro Emerson, outro que pode sair.O elenco ainda tem Abdul-Rahman Baba, que não está no elenco e ainda procura um clube.

“Não queríamos perder Marc, mas ele queria a oportunidade de jogar a Champions League com vistas a acelerar seu progresso e chegar à seleção espanhola que vai á Copa do Mundo. É claro que estamos decepcionados por ver Marc sair, mas desejamos bem a ele no futuro. Ele teve uma excelente primeira temporada na Premier League, merecidamente vencendo o prêmio de nosso jogador da temporada, e foi um grande prazer trabalhar com ele”, afirmou o técnico do Brighton, Graham Potter.

“Ele é jovem, tem fome, é móvel e um jogador muito inteligente. Isso ajuda na profundidade e qualidade e ajuda com Ben [Chilwell], que escapa da pressão ‘Eu tenho que entregar e precisamos de você agora’”, disse o técnico do Chelsea, Thomas Tuchel. Chilwell teve uma grave lesão de ligamentos que pode deixá-lo ainda mais tempo afastado.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo