Inglaterra

A rodada final da Championship guardou doses cavalares de emoção na luta contra o rebaixamento, e o Derby escapou no último suspiro

Treinado por Rooney, Derby vinha em péssimo momento, mas arrancou um empate emocionante no confronto direto com o Sheffield Wednesday

A Championship tinha definido os dois acessos diretos com antecedência. O campeão Norwich City realizou uma excelente campanha e voltou à Premier League de imediato, assim como o Watford. Brentford, Swansea, Barnsley e Bournemouth também tinham se garantido com antecipação nos playoffs. Assim, as emoções na rodada final da temporada regular se concentraram na luta contra o rebaixamento. E um duelo entre dois clubes tradicionais seria o mais eletrizante do sábado. Treinado por Wayne Rooney, o Derby County vinha em queda livre e não podia dar mole contra o Sheffield Wednesday, outro ameaçado. O Pride Park, então, recebeu um duelo insano com cinco gols no segundo tempo. O empate por 3 a 3 salvou os Rams  – que ainda precisaram de uma ajuda do Cardiff City aos 43 do segundo tempo, para derrubar a ameaça paralela do Rotherham United. Depois do feito, uma cena emblemática: os jogadores foram de uniforme e tudo comemorar fora do estádio, onde os torcedores se reuniram.

O Derby County flertou com o rebaixamento em diferentes momentos da temporada e, até por isso, Wayne Rooney passou do papel de jogador para o de treinador. Depois de ficar 22 das primeiras 26 rodadas no Z-3, o time iniciou uma guinada a partir de janeiro e parecia pronto para viver um final de temporada tranquilo. Todavia, a boa fase não durou mais que um mês. O Derby venceu apenas um compromisso em 13 consecutivos e chegou à rodada final com uma sequência de seis derrotas. Se perdesse do Sheffield Wednesday, seria ultrapassado pelos concorrentes e corria sérios riscos de rebaixamento. As Corujas vinham três pontos atrás, mas tinham um saldo de gols melhor e só dependiam de uma vitória simples.

O Derby County ficou virtualmente rebaixado nesta rodada final em mais de um momento. O Sheffield Wednesday abriu o placar nos acréscimos do primeiro tempo, com Sam Hutchinson. Na volta do intervalo, os Rams conseguiram um alívio, quando Martin Waghorn e Patrick Roberts conseguiram a virada em apenas sete minutos. Contudo, o Wednesday retomaria a dianteira. Callum Paterson empatou aos 17 e Julian Börner anotou o terceiro aos 24. A derrota parcial perdurou por mais nove minutos ao Derby. Waghorn seria o salvador, garantindo o empate aos 33, numa cobrança de pênalti. Os Rams seguraram o placar até o fim, ainda que não estivessem totalmente a salvos com o resultado.

Paralelamente, o Rotherham tinha chances concretas de rebaixar o Derby County. A equipe visitava o Cardiff City e, com um tropeço dos Rams, dependia apenas de si. Lewis King abriu o placar logo aos oito minutos e ia assegurando a sobrevivência, mesmo com todas as movimentações no Pride Park. Quando o placar em Derby apontava 3 a 3, ainda acontecia a permanência Rotherham graças ao saldo de gols. O problema aconteceu aos 43 do segundo tempo, quando Marlon Pack empatou ao Cardiff. Os Blue Birds não tinham qualquer interesse na competição, mas o placar de 1 a 1 se tornou cabal à queda do Rotherham.

“Foi uma montanha-russa. Os 90 minutos resumem a nossa temporada, com muitos momentos difíceis dentro e fora de campo. Felizmente, a temporada acabou e cumprimos o objetivo. Estou muito feliz pelos jogadores, eles deram tudo. Disse no intervalo para ficarem calmos e foi o que fizeram. Eles trabalharam duro. Posso garantir à torcida que vamos melhorar. Tem sido uma temporada difícil para todos que são ligados com o clube. Precisamos resolver tudo o mais rápido possível fora de campo, para nos darmos as melhores oportunidades de seguirmos em frente como clube”, afirmou Rooney, à Sky Sports, fazendo referência à saída dos donos do clube – o que impactou na estabilidade do Derby County.

Os três rebaixados, aliás, foram os que começaram a rodada no Z-3. O Sheffield Wednesday fechou a Championship na lanterna e volta à League One depois de nove temporadas na segundona, chegando a disputar os playoffs de acesso em duas oportunidades. O Rotherham foi o penúltimo, se consagrando como um ioiô, com três descensos e dois acessos à Championship nas últimas cinco temporadas. Já o Wycombe, que tinha saltado da quarta divisão à segundona desde 2018, não escapou. No Estádio Riverside, o Wycombe até bateu o Middlesbrough por 3 a 0, mas sua missão era praticamente impossível – precisando de uma derrota do Derby County, além de uma goleada descomunal para garantir um saldo melhor que o do Wednesday. Ficou em antepenúltimo, ao menos.

Foi uma rodada especialmente prolífica na Championship, aliás. O Norwich empatou com o Barnsley por 2 a 2, fechando a campanha com 97 pontos. Ambos na metade da tabela, o Blackburn goleou o Birmingham por 5 a 2. Já o Coventry City enfiou 6 a 1 sobre o Millwall. Os playoffs começarão na próxima semana, com Bournemouth x Brentford e Barnsley x Swansea. A decisão em Wembley acontece em 29 de maio, mesmo dia da final da Champions – e valendo um dinheiro até maior, considerando as benesses de estar na Premier League.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador de anúncios? Aí é falta desleal =/

A Trivela é um site independente, que precisa das receitas dos anúncios. Desligue o seu bloqueador para podermos continuar oferecendo conteúdo de qualidade de graça e mantendo nossas receitas. Considere também nos apoiar pelo link "Apoie" no menu superior. Muito obrigado!