Holanda

Bastou Cillessen sair para um goleiro do Ajax voltar a pegar pênalti no Campeonato Holandês

Jasper Cillessen é bom goleiro, mas perseguido por uma sina: não defender pênaltis. A entrada de Tim Krul nas quartas de final da Copa do Mundo de 2014 se tornou simbólica, especialmente pela maneira como o reserva decidiu a classificação contra a Costa Rica. No entanto, ao longo de sua carreira, Cillessen nunca se deu bem na marca da cal. Em 26 pênaltis que ele enfrentou, só defendeu dois – e ambos na última temporada, sendo um pelo clube e outro pela seleção. Pois seu substituto na meta do Ajax precisou de apenas duas partidas no time principal para igualar a marca do antecessor pelos Godenzonen.

VEJA TAMBÉM: Ajax se despede de Cillessen elegendo as 10 maiores defesas do novo goleiro do Barça

André Onana chegou a Amsterdã em 2015. Coincidentemente, o camaronês fez o caminho contrário de Cillessen: descoberto pela academia de Samuel Eto’o, o jogador de 20 anos veio das categorias de base do Barcelona. E, embora deva ser reserva de Tim Krul, emprestado junto ao Newcastle, tratou de mostrar serviço neste domingo. Em sua segunda partida pelo Campeonato Holandês, foi um dos protagonistas na vitória por 3 a 0 contra o Go Ahead Eagles. Desde fevereiro de 2013, com Kenneth Vermeer, é que um goleiro do Ajax não defendia um penal pela liga.

A partida ainda estava com o placar zerado quando o árbitro apontou a penalidade. Aos 21 minutos, Onana voou no canto para espalmar o chute de Leon de Kogel. Curiosamente, os dois jogadores já haviam se encarado em outra penalidade na temporada passada, quando o goleiro defendia a meta do Ajax II na segunda divisão, e ele também evitou o gol de Koggel. No ataque, Klaassen e Gudelj trataram da garantir o triunfo dos Godenzonen.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo