EuropaFrança

Vitória tranquila do PSG contra o Marseille trouxe uma má notícia: a lesão no tornozelo de Mbappé

Kolo Muani e Gonaçalo Ramos marcaram seus primeiros gols com a camisa do PSG, mas saída de Mbappé preocupa Luis Enrique

O PSG venceu com facilidade o rival Olympique de Marseille por 4 a 0 no Parque dos Príncipes. A vitória levou os comandados de Luis Enrique ao quarto lugar, mas a notícia ruim ficou por conta da lesão no tornozelo de Mbappe, que fez o astro do time pedir substituição ainda na etapa inicial.

Logo aos sete minutos, Mbappé sofreu falta na entrada da área. Ótima oportunidade para Hakimi, que bateu por fora da barreira e venceu o goleiro Pau López. Um golaço do marroquino, que já havia marcado no meio da semana na vitória contra o Borussia Dortmund pela Champions League.

A falta que deu origem ao gol de Hakimi, porém, gerou consequências negativas ao PSG também. Isso porque Mbappé ficou sentindo dores no tornozelo, apresentando dificuldades de mobilidade nos lances seguintes. Ainda assim, o craque francês permaneceu no gramado até os 30 minutos do primeiro tempo, quando pediu substituição. Gonçalo Ramos entrou em seu lugar.

A linha de cinco defensores utilizada pelo interino Jacques Abardonado não conseguiu dar solidez defensiva ao Marseille e também isolou muito Vitinha e Aubameyang, seus homens de frente, com poucos homens no meio de campo. O português, porém, teve uma grande chance em um contra ataque ainda na primeira etapa. Ele recebeu cruzamento e testou firme direto no travessão de Donnarumma.

Mesmo sem Mbappé, o PSG não perdoou a falta de eficiência do seu rival. Ainda no primeiro tempo, Hakimi recebeu pelo meio e bateu firme de fora da área. A bola explodiu na trave e sobrou para Kolo Muani marcar o seu primeiro gol com a camisa do time da capital francesa.

Substituto de Mbappe mantém ritmo alucinante do PSG

Precisando da vitória para encostar no surpreendente líder Brest, o PSG não diminuiu a velocidade mesmo com uma vantagem sólida no placar. Dembelé cruzou e achou Gonçalo Ramos, que não perdoou e, tal qual Muani, anotou seu primeiro gol pela equipe parisiense.

Sem criatividade no setor ofensivo, o Marseille não conseguiu ter a bola para reagir. Um dos grandes responsáveis por isso é uma das ótimas boas notícias desse PSG de Luis Enrique: a eficiência de Ugarte na faixa central do gramado. O uruguaio desarma, dá ritmo e parece que chegou ao clube há tempos de tão confortável que aparenta estar.

Até pelo equilíbrio apresentado por seu adversário, o Marseille só conseguiu assustar na bola parada. Aos 25 minutos do segundo tempo, Gigot levantou na área e a bola sobrou limpa para Mbemba, que pegou mal e desperdiçou grande chance para descontar.

Muito isolado e pouco acionado, Aubameyang foi substituído no segundo tempo sem criar grandes chances como o restante dos seus companheiros de setor ofensivo.

Se Aubameyang não foi municiado, Gonçalo Ramos foi. Já no fim do jogo, Kolo Muani puxou contra ataque e rolou para o português anotar seu segundo no jogo e o quarto do PSG diante do rival.

Próximos compromissos de PSG e Marseille

No próximo sábado (30), o PSG visita o Clermont às 12h (horário de Brasília). O Marseille, por sua vez, visita o Monaco às 16h (horário de Brasília). Ambos os duelos são válidos pela sétima rodada da Ligue 1.

Após seis rodadas, o líder do campeonato segue sendo a surpresa Brest, com 13 pontos. O PSG ocupa a quarta colocação (11 pontos) e o Marseille está em sétimo lugar (9 pontos).

Foto de Lucas Tomazelli

Lucas TomazelliSubcoordenador de conteúdo

Apaixonado por futebol desde as primeiras memórias de infância, Lucas é formado em jornalismo pela USP. Antes de integrar a equipe da Trivela, atuou na Jovem Pan Online, Grupo Bandeirantes de Comunicação e Yahoo.
Botão Voltar ao topo