Ligue 1

Ronaldinho: “Foi uma surpresa Messi no PSG. Nunca pensei que o veria com outra camisa”

Ídolo tanto no PSG quanto no Barcelona, Ronaldinho foi convidado do clube francês nesta semana e falou sobre Messi, Neymar e Mbappé

Um dos jogadores mais importantes da história do Barcelona, e que foi ídolo também no PSG, Ronaldinho foi um convidado de honra nesta semana do clube francês. Ele esteve em Paris para acompanhar no estádio o jogo entre os parisienses e o RB Leipzig, pela Champions League. Lionel Messi fez dois gols e se destacou e esse foi um dos temas da entrevista. Ele comentou sobre a ida do argentino para Paris, sobre Neymar e sobre o outro jogador do ataque, o badalado Kylian Mbappé.

Ronaldinho foi para o PSG em 2001, contratado sem custos após sair em litígio do Grêmio. Foi jogando pelo clube francês que ele foi para a Copa do Mundo em 2002 e terminou como campeão. Ficou no clube até 2003, quando se transferiu para o Barcelona. Custou, na época, € 32,25 milhões, um valor alto, mas ele valeu totalmente a pena. Foi com Ronaldinho que o Barcelona reencontrou a sua veia vencedora, conquistou Campeonato Espanhol duas vezes, a Copa do Rei duas vezes e a Champions League uma vez, naquele que foi o seu último grande momento pelo clube.

Messi fez o caminho contrário. Formado no Barcelona, deixou o clube para integrar o PSG no último mercado de transferências. A mudança de casa do argentino surpreendeu Ronaldinho. “Estou muito feliz de vê-lo no clube em que comecei na Europa. É algo que não pensei em minha vida. Estava certo que ele terminaria sua carreira no Barcelona. E, para mim, foi uma surpresa. Como gosto do PSG, foi uma surpresa, mas nunca pensei vê-lo com outra camisa que não fosse do Barcelona”, disse Ronaldinho em entrevista ao Le Parisien.

“Quando eu cheguei ao Barcelona, se falava de um jovem fantástico. E, depois, quando treinamos juntos, vi a sua qualidade. Em cada partida e em cada treinamento, vimos que era diferente. Foi um prazer vê-lo fazer isso. Se converteu em um verdadeiro amigo para mim”.

Neymar e as comparações com Ronaldinho

Neymar é a grande estrela do futebol brasileiro. Craque que foi do Barcelona e do PSG, assim como Ronaldinho, é também o principal jogador da seleção brasileira. Há diversas comparações entre os dois, inclusive depois de Neymar ter dito que a Copa 2022 pode ser a sua última, porque não sabe se terá cabeça para outra. Ronaldinho disputou a sua última Copa em 2006, com 28 anos.

“Não gosto das comparações. Cada um tem o seu próprio momento. Todos temos passamos por momentos complicados. Mas acredito que todos no Brasil sabem que é o melhor jogador neste momento. Só que, quando as coisas não vão bem, é mais difícil para ele. Porque é o maior. Quando as coisas não vão bem, há muito mais pressão sobre ele”.

Mbappé Bola de Ouro?

A revista France Football revelou os 30 indicados à Bola de Ouro no último dia 8 de outubro. Lionel Messi e Cristiano Ronaldo, os grandes vencedores e os grandes jogadores deste tempo, estão entre os indicados. Neymar também está, assim como outro jogador do PSG, Kylian Mbappé. “Acredito que um dia Mbappé será Bola de Ouro. É muito jovem, mas já tem uma grande carreira. Não tenho favorito para este ano”, disse Ronaldinho.

PSG na Champions

“É possível que ganhe. É uma equipe que pode marcar gols a qualquer momento. Quando têm grandes jogadores assim, é difícil não imaginar o que pode acontecer. Apenas precisa um pouco tempo para que o jogo chegue. Tem que se acostumar a jogar juntos. É normal no futebol”, disse o ex-jogador.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo