França

‘Jovem e maduro’: quem é o francês de 18 anos alvo de Real Madrid, PSG e Chelsea

Leny Yoro ainda é jovem, mas mostra maturidade e calma no Lille, que pretende fazer do zagueiro a maior venda de sua história

Endrick, Kylian Mbappé, Jude Bellingham, Vinicius Júnior, Erling Haaland e tantos outros jogadores passaram a ganhar espaço no futebol profissional muito cedo, ainda adolescentes. O talento natural, aliado a uma inteligência fora do comum para jovens e trabalho duro, fez com que os citados rapidamente se tornassem protagonistas no início de suas carreiras, e agora desfrutam a melhor fase de suas vidas, e que ainda têm grandes chances de evoluir ainda mais.

E na França, que já tem Zaïre-Emery e Camavinga conquistando cada vez mais espaço, um novo defensor está ganhando cada vez mais oportunidades, e poderá dar um salto maior na carreira já na próxima temporada. Titular absoluto do Lille nesta temporada, Leny Yoro tem apenas 18 anos, e em pouco tempo de carreira já conquistou fãs com o seu futebol, e vem sendo acompanhado de perto por alguns dos maiores e mais ricos clubes do mundo.

Nascido em Saint-Maurice no subúrbio de Paris, Yoro começou a jogar futebol em clubes locais e quando tinha 12 anos, foi recrutado pelo Lille, se mudando de vez para o norte da França. Não demorou muito tempo para ele chamar a atenção, e ainda aos 16 anos, fazer sua estreia como jogador profissional, no fim da temporada 2021/2022.

Jogador surpreendeu técnico português

A chegada do português Paulo Fonseca foi importante para Yoro, que além do desenvolvimento natural pela idade, encontrou no técnico um aliado para dar cada vez mais espaço a ele em um time famoso por revelar grandes atletas, como aconteceu recentemente com Eden Hazard, Benjamin Pavard e Yohan Cabaye.

— Leny ainda tinha 16 anos na época e a ideia era que fosse apenas para a pré-temporada. Mas depois de apenas dois dias eu disse: ‘Não, não, ele vai ficar conosco aqui’. Para mim, os jogadores não têm idade se tiverem talento. Em alguns casos, como no Leny, foi muito fácil entender que ele seria importante para a equipe — disse Paulo Fonseca, em entrevista recente ao site The Athletic.

Se na primeira temporada com o português ele passou a ganhar seu espaço gradualmente, na atual ele virou não só titular absoluto, como também uma das grandes referências do time. Jogador que mais atuou nesta temporada com a camisa dos Dogues, Yoro aproveita a altura para se impor fisicamente sobre os atacantes, mas também se destaca por esperar pacientemente o momento para tirar a bola do atacante rival. Seu desempenho vem sendo essencial para o Lille, quarto colocado da Ligue 1, que além de seguir buscando uma vaga na próxima Champions League, também ostenta a quarta melhor defesa do torneio, com 25 gols sofridos.

Yoro é um dos jogadores mais importantes do Lille (Icon Sport)

— Muitas coisas me impressionam em Leny. Em todos os meus anos como treinador, eu nunca vi um jogador tão jovem e com tanta maturidade. Ele tem muita classe e elegância. Acho que ele será um dos melhores zagueiros da França e da Europa. Há muito equilíbrio no jogo dele e ele já é um jogador maduro — disse o treinador português.

Comparação com Varane pode ser estendida

As palavras de Fonseca também são compartilhadas por olheiros ao redor do mundo. Sua forma de jogar, com elegância e paciência, faz com que Jonathan Johnson, jornalista especializado em futebol francês, compare Yoro com um compatriota que também deixou o seu país-natal muito cedo.

— Yoro está no topo da lista entre os prodígios defensivos franceses. Acho que o que provavelmente mais interessa ao torcedor é o paralelo entre ele e Raphael Varane. Eles vêm de lados diferentes da rivalidade entre Lille e Lens, mas Varane também mostrou muito cedo que estava pronto para dar um grande passo.

E assim como Varane, que rumou ao Real Madrid com 18 anos, Yoro também pode fazer o mesmo caminho. Literalmente o mesmo. Recentemente, o próprio The Athletic noticiou que o clube espanhol é um dos principais interessados no jogador francês. Porém, o Real Madrid deverá disputar o atleta com clubes como Paris Saint-Germain e o Chelsea, que também o observam de perto.

Mudança parece próxima, mas com preço salgado

Uma mudança parece cada vez mais evidente. O Lille chegou a tentar renovar o contrato do jogador, que acaba em 2025, mas a tentativa foi rechaçada pelo próprio zagueiro, que já vê a possibilidade de se desenvolver em clubes maiores. Mas os Dogues, conhecidos não só por revelar, mas também por encontrarem grandes talentos como nos casos de Rafael Leão, Gabriel Magalhães, Victor Osimhen e mais recentemente com Jonathan David, não querem saber de vendê-lo por pouco dinheiro.

Segundo a mídia europeias, a diretoria pretende pedir 100 milhões de euros pelo passe do jovem zagueiro, o que faria dele a venda mais cara da história do clube. Mesmo assim, ainda há margem para melhora no jogo de Yoro. Por mais que seja ótimo na saída de bola e também no tempo para dar um bote, seus números em lances mais agressivos ainda fica abaixo de Alexsandro, seu parceiro de zaga, apesar da boa quantidade de interceptações.

Yoro provavelmente terá um novo clube na próxima temporada, e candidatos para contarem com o atleta não faltam. Mesmo com apenas um ano de contrato, é possível que de fato ele seja vendido pelo que o Lille quer pelo número alto de concorrentes com dinheiro. O zagueiro ainda é muito jovem, mas maturidade não falta em sua personalidade e seu jogo, o que provavelmente fará com que logo menos ele se torne uma das referências de sua posição na Seleção Francesa e também em seu próximo time.

Foto de Vanderson Pimentel

Vanderson Pimentel

Jornalista formado em 2013, e apaixonado por futebol desde a infância. Em redações, também passou por Estadão e UOL.
Botão Voltar ao topo