Liga Europa

Coisas mais rivais que lemos hoje

Nem verde, nem alvinegro – um Palmeiras x Corinthians vermelho

A história de um Palmeiras x Corinthians que foi jogado, amistosamente, para levantar fundos para o PCB – Partido Comunista Brasileiro. Pois é, os dios rivais já se uniram por uma causa política e foi no ano de 1945. Um caso curioso contado no post de Paulo Júnior no blog da Central 3.

Refugiado de guerra, clube do Azerbaijão é a grande surpresa da Liga Europa

O post no blog de Gustavo Hofman no site da ESPN fala sobre o Qarabag, time do Azerbaijão que conseguiu a primeira vitória de um time do país em uma competição europeia.

Bom Senso se aproxima de Aécio e Dilma em lobby por eleição direta na CBF

Guilherme Costa, do UOL, fala nessa reportagem sobre a aproximação do Bom Senso com os presidenciáveis, visando medidas que levem à eleição direta na CBF. Ganhe quem ganhar, o Bom Senso espera uma ação do novo governo em favor de uma democratização da CBF.

Paulo: antes de Baier, depois de César

A reportagem é belíssima em todos os sentidos: pelo texto, pela história que conta e pela disposição gráfica. A reportagem é assinada por Alexandre Alliatti, João Lucas Cardoso e Luiz Cláudio Amaral no Globoesporte.com, mas conta também com vídeo e arte. A história de Paulo Baier, um jogador tão longevo e maior artilheiro da era dos pontos corridos, merece ser bem contada – e assim foi feito.

Um clássico com o tamanho de um Barça-Madrid

Marcelo Bechler fala sobre o grande clássico espanhol no seu blog da rádio Globo e atenta para o fato dos dois rivais espanhol estão em grande momento. O Real Madrid, campeão europeu de um ataque avassalador, enquanto o Barcelona tem uma dupla infernal, Messi e Neymar, e uma defesa que não sofre gols.

 

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo