Liga das Nações

Portugal nem precisou de Ronaldo para estrear com uma goleada contra a Croácia

Portugal é a atual campeã da Liga das Nações e fez uma estreia que se pode dizer que foi de luxo. Sem Cristiano Ronaldo, os lusos não tiveram nenhuma dificuldade de passar por cima da Croácia com uma goleada por 4 a 1, com uma excelente exibição coletiva. O meio-campista Bruno Fernandes, que brilhou pelo Manchester United desde que chegou, em janeiro, foi um dos que se destacou em campo. O time todo, porém, fez um jogo sólido e foi amplamente superior ao adversário.

[foo_related_posts]

Enquanto Portugal não teve Cristiano Ronaldo, a Croácia não teve Ivan Rakitic e nem Luka Modric. O técnico Zlatko Dalic escalou o meio-campo com Mateo Kovacic, do Chelsea, e Mario Pasalic, da Atalanta. Mais à frente, Nikola Vlasic, do CSKA Moscou, foi titular. Kovacic fez um ótimo jogo, mas os companheiros nem tanto. Portugal dominou as ações desde o começo. João Félix e Bernardo Silva se movimentaram muito no ataque, criando muitas dificuldades para o sistema defensivo croata.

A pressão foi grande. João Félix ficou perto de marcar aos 15 minutos, mas Damagoj Vida impediu. Depois, em um chute de fora da área, viu a bola raspar a trave. O zagueiro Pepe também levou perigo em bolas aéreas. Diogo Jota, outro dos atacantes, foi mais um a acertar a trave. Raphael Guerreiro foi mais um a arriscar e acertar a trave.

Depois de tantas tentativas frustradas, o gol saiu. Aos 41 minutos, João Cancelo correu com a bola pela direita, cortou para o meio e, de pé esquerdo, atirou para o gol para, enfim, vencer o goleiro Dominik Livakovic: 1 a 0. Foi o placar do primeiro tempo.

Na segunda etapa, a partida ficou à mercê de Portugal. Logo aos 13 minutos, Diogo Jota recebeu belo passe de Raphael Guerreiro para marcar 2 a 0 – seu primeiro gol com a camisa da seleção. Os lusos passaram a controlar mais a partida, diminuindo o ritmo. Os croatas não conseguiam reagir. Aos 25, João Félix arriscou de fora da área e o goleiro desta vez falhou: 3 a 0.

Nos acréscimos, aos 46 minutos, a Croácia diminuiu o placar com Bruno Petkovic. Só que Portugal ainda espetaria mais uma vez antes do apito final. Aos 49, André Silva aproveitou uma bola dentro da área para empurrar para as redes: 4 a 1.

Uma vitória contundente do time de Fernando Santos, que mostrou um farto arsenal ofensivo. Ainda viu dois dos seus atacantes marcarem pela primeira vez pelo time principal de Portugal, Diego Jota e João Félix. O time de Portugal parece ter um ótimo potencial.

Os portugueses enfrentam a Suécia na próxima terça-feira, dia 8. A Croácia vai até a França para o seu próximo jogo, no mesmo dia.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo