Liga das Nações

A Geórgia causa sensação na Liga das Nações, agora ao amassar a Macedônia do Norte em Skopje

A Geórgia segue com 100% de aproveitamento e teve um grande resultado no duelo mais difícil do grupo

A Liga das Nações oferece um lugar ao sol a diversas seleções sem tanta projeção na Europa, mas que ganham visibilidade através do torneio. Algumas equipes aproveitam a competição contra adversários de mesmo nível para apresentar o seu potencial. E quem merece elogios na atual campanha é a Geórgia. Os georgianos sustentam os 100% de aproveitamento e chegaram à terceira vitória consecutiva com um resultado sonoro: enfiaram 3 a 0 para cima da Macedônia do Norte em Skopje. A rodada nas divisões inferiores também teve vitórias importantes de Grécia, Sérvia e Kosovo, além de um empate maroto de Gibraltar contra a Bulgária.

A segunda divisão da Liga das Nações teve partidas pelo Grupo B4. A Sérvia se deu bem ao derrotar a Suécia por 1 a 0, dentro da Friends Arena, em Solna. Os sérvios eram mais perigosos e marcaram o gol nos acréscimos do primeiro tempo, em cobrança de escanteio aparada para a conclusão de Luka Jovic. Os suecos melhoraram na segunda etapa, mas sem precisão nas conclusões. Já em Oslo, Noruega e Eslovênia empataram por 0 a 0. Miha Blazic deixou os eslovenos com um a menos aos 18 do segundo tempo e os noruegueses impuseram uma blitz. Contudo, pararam na trave e também em Jan Oblak. A Noruega lidera a chave com sete pontos, contra seis da Sérvia. Suécia, com três, e Eslovênia, com um, se distanciam da briga.

Na terceira divisão, a Grécia faz boas apresentações e mantém os 100% de aproveitamento. O Navio Pirata recebeu o Chipre e cumpriu a missão com os 3 a 0 no placar – gols de Anastasios Bakasetas, Vangelis Pavlidis e Dimitris Limnios, incluindo duas lindas finalizações. O principal perseguidor é Kosovo, que derrotou a Irlanda do Norte em Prishtina por 3 a 2. Os kosovares sempre se mantiveram à frente no marcador, muito graças aos dois gols de Vedat Muriqi. A Grécia soma nove pontos no Grupo C2, contra seis de Kosovo. Chipre e Irlanda do Norte têm um cada.

Já no Grupo C4, a sensação é a Geórgia. Após as goleadas sobre Gibraltar e Bulgária, os alvirrubros atropelaram também a Macedônia do Norte em Skopje, num confronto direto pela liderança – e numa revanche pela repescagem da Euro 2020. Todos os gols no triunfo por 3 a 0 saíram no segundo tempo, com Budu Zivzivadze, Khvicha Kvaratskhelia e Otar Kiteishvili. Já na luta contra o rebaixamento, Gibraltar arrancou um honroso empate por 1 a 1 contra a Bulgária. Os búlgaros fizeram o primeiro no Estádio Victoria com Georgi Minchev, mas Liam Walker empatou aos gibraltarinos de pênalti. A Geórgia tem nove pontos, três a mais que a Macedônia do Norte. Bulgária e Gibraltar têm um ponto cada.

Por fim, na quarta divisão, a Estônia ganhou de Malta por 2 a 1. O goleiro Karl Hein pegou um pênalti dos malteses, antes que Konstantin Vassiljev abrisse a conta para os estonianos. Porém, o mesmo Hein botou para dentro uma cobrança de escanteio dos anfitriões e fez um gol contra para deixar tudo igual. Para sua sorte, Henri Anier decidiu o triunfo dos bálticos aos 49 do segundo tempo. A Estônia lidera o Grupo D2 com seis pontos, enquanto Malta vem com três e San Marino está zerado.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo