Copa do MundoEliminatórias da CopaEuropa

Foi tocante ver o abraço de Shane Long em Coleman após o capitão fraturar a perna

Seamus Coleman sofreu uma infelicidade tremenda nesta sexta-feira, durante o empate por 0 a 0 entre Irlanda e Gales, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo. Após uma dura entrada de Neil Taylor, o defensor do Everton fraturou a perna e deve permanecer em recuperação pelos próximos seis meses. Entretanto, o horror também provocou uma das cenas mais bonitas da Data Fifa. Para consolar o amigo sofrendo com a dor no gramado, Shane Long deu um abraço no camisa 2, em imagem fraternal.

“Eu estava tentando confortar Seamus no gramado. Ele é amado por todos, é um grande jogador e será uma enorme perda. Ele estava sentindo muita dor, eu queria deixá-lo um pouco mais calmo. Foi duro vê-lo caindo, mas eu tenho certeza que ele voltará bem e mais forte”, afirmou Long, após a partida.

O atacante também acredita que Neil Taylor não teve má intenção, apesar da imprudência. O lateral sofreu uma grave lesão similar em 2012, quando quebrou o tornozelo. “Ele chorou depois disso, sabe a dor que Seamus sentiu. Neil passou pela mesma situação antes. Foi uma entrada horrível e não há como defendê-la, mas não acho que ele quis machucar o nosso jogador”, complementou. Obviamente, o galês recebeu o cartão vermelho após o incidente.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo