Eliminatórias da Eurocopa

Numa grande atmosfera, Kosovo derrota a República Tcheca e se permite mirar a Eurocopa

A seleção de Kosovo surgiu como mais uma candidata às últimas posições das eliminatórias europeias, mas a impressão ruim deixada na campanha rumo à Copa de 2018 pouco durou. Os kosovares, de fato, possuem a herança do bom futebol praticado nos Bálcãs e experimentam uma ascensão competitiva notável. O primeiro passo ao sonho de disputar a Eurocopa veio na Liga das Nações, com a conquista de seu grupo na quarta divisão e a presença confirmada ao menos na repescagem. Entretanto, os novatos parecem dispostos a adiantar o trabalho e seguem firmes na briga por uma vaga direta no Grupo A das eliminatórias da Euro 2020. O time conquistou uma imensurável vitória neste sábado, ao derrotar a República Tcheca por 2 a 1.

Kosovo já tinha segurado empates contra Montenegro e Bulgária no início da caminhada, além de derrotar os próprios búlgaros na visita a Sofia em junho. Já neste sábado, a seleção assegurou a maior vitória como mandante de sua incipiente história. Diante das arquibancadas cheias em Pristina, os kosovares fizeram valer o apoio e conseguiram buscar a virada contra a República Tcheca. Que não seja o melhor momento dos tchecos, eles permanecem como um rival direto pela Eurocopa.

O clima do duelo começou tenso antes mesmo que a bola rolasse. Oito tchecos foram detidos pela polícia, diante do plano de aterrissar um drone no gramado com uma faixa declarando que “Kosovo é Sérvia”. A confusão não ocorreu, mas os visitantes incomodaram quando Patrik Schick abriu o placar aos 16, após uma boa troca de passes de sua equipe. O empate saiu quatro minutos depois, em contra-ataque concluído por Vedat Muriqi. Já o gol da apoteose aconteceu aos 20 do segundo tempo, num chute mascado de Mërgim Vojvoda após cobrança de escanteio. A comemoração foi estrondosa.

Mesmo sem recrutar os melhores jogadores com origens na nação, Kosovo possui uma equipe bastante competitiva. Samir Ujkani, Amir Rrahmani, Valon Berisha e Milot Rashica são outros nomes importantes nestes primórdios. E os novatos não deixam a desejar contra outros adversários mais tradicionais do Leste Europeu. Se o favoritismo na repescagem da quarta divisão da Liga das Nações já ficava com kosovares, a continuidade do trabalho sai melhor do que a encomenda. O time não sabe o que é derrota desde outubro de 2017, com uma sequência invicta de 15 jogos.

Após quatro partidas disputadas, Kosovo lidera temporariamente o Grupo A das Eliminatórias da Euro, com oito pontos. Deve ser ultrapassado pela Inglaterra, que possui duas partidas a menos. Ainda assim, com o mesmo número de jogos disputados que os kosovares, a República Tcheca tem seis pontos, enquanto Bulgária e Montenegro estão limitados a dois. Há metade do caminho a se percorrer e Kosovo ainda não encarou a Inglaterra, o que custará pontos. O triunfo sobre os tchecos, independentemente disso, garante que é possível sonhar.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo

Bloqueador detectado

A Trivela é um site independente e que precisa das receitas dos anúncios. Considere nos apoiar em https://apoia.se/trivela para ser um dos financiadores e considere desligar o seu bloqueador. Agradecemos a compreensão.