Europa

Dembélé compra hotel e encontra um tesouro arqueológico no porão

Moussa Dembélé, meia belga do Tottenham, comprou um hotel na Antuérpia em sociedade com a sua irmã Assita. Chama O Sapato Dourado, em tradução livre. O que ele não sabia é que no porão do prédio havia um tesouro arqueológico, com itens de porcelana, vidro e cerâmica.

LEIA MAIS: Após igualar recorde de gols pela Bélgica, Lukaku se define: “Sou um leopardo na área”

A compra foi concretizada anos atrás, mas só agora o inventário de todos os itens foi concluído. Como era um prédio histórico, foi feita uma pesquisa arqueológica que encontrou o tesouro escondido atrás de uma parede. Ninguém sabe como foi parar lá.

“Não está claro quando, por que nem quem fez isso acontecer”, disse o arqueólogo Tim Bellens, ao VRT NWS. “Talvez era lixo do qual alguém queria se livrar, mas isso não é certeza. Encontramos atrás de uma parede no porão itens de porcelana, vidro, cerâmica, decoração de mesa, esculturas, tudo do século 18”.

O prédio, porém, é mais antigo do que o século 18. Sua origem é dos anos 1400. Parte do tesouro encontrado pelo jogador do Tottenham será exposto no lobby do hotel. Outra ficará em um depósito na cidade.

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo