Champions League

Porto e Roma mantêm duelo aberto na Champions, enquanto Pato faz na estreia (mas perde)

Porto e Roma fazem o confronto mais pesado dos playoffs da Champions League. Duas equipes acostumadas a disputar a fase de grupos, mas que precisarão se superar para evitar a Liga Europa desta vez. E o primeiro duelo manteve tudo aberto entre os gigantes. Os romanistas até saíram em vantagem no Estádio do Dragão, mas cederam o empate por 1 a 1. Terão que resolver no Estádio Olímpico, em reencontro marcado para a próxima terça.

VEJA TAMBÉM: Torcida do Dinamo Bucareste sabota mosaico do Steaua e se homenageia em plena Champions

Melhor no primeiro tempo, a Roma poderia ter saído para o intervalo com vantagem maior no placar. Parou em Casillas e, quando o goleiro falhou, Dzeko chutou em cima de Alex Telles, com o gol aberto. Ainda assim, os italianos abriram a contagem graças a um erro dos adversários. Após cobrança de escanteio, o zagueiro Felipe se enroscou com a bola e mandou contra o próprio patrimônio. Contudo, a situação dos giallorossi se complicou no fim da primeira etapa, quando Vermaelen recebeu o segundo amarelo.

Com um a mais, o Porto começou a dominar o campo ofensivo. Criava mais oportunidades, ainda que sem aproveitar de maneira efetiva. Depois de um gol corretamente anulado, os portistas ao menos fizeram o suficiente para buscar o empate. Adrien Silva cobrou pênalti para igualar. No fim das contas, o resultado não é dos mais cômodos para os lusitanos, que precisarão balançar as redes em Roma.

No restante da rodada, o grande destaque foi o Monaco. Os alvirrubros arrancaram uma vitória imprescindível contra o Villarreal, dentro de El Madrigal, por 2 a 1. A vantagem se construiu com apenas três minutos, em pênalti convertido por Fabinho. Alexandre Pato, de cabeça, marcou logo na estreia pelo novo clube. Mas, a 20 minutos do fim, o português Bernardo Silva decidiu, em boa jogada individual.

Pela rota dos campeões, o Celtic não deve ter problemas para voltar à fase de grupos desta vez. Em Glasgow, enfiou 5 a 2 sobre o Hapoel Beer Sheva, com direito a hat-trick do atacante Leigh Griffths. O Ludogorets consolidou-se à frente do Viktoria Plzen, com o triunfo por 2 a 0 na Bulgária. Já o Legia Varsóvia não deu muitas brechas à zebra, batendo o Dundalk dentro da Irlanda por 2 a 0.

Trivela1

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo