Champions League

Lewandowski x Osimhen: artilheiros fazem chover e deixam decisão entre Napoli x Barcelona aberta

O Barcelona não tomou conhecimento do Napoli, mas Osimhen conseguiu empatar nas oitavas de final da Champions League após gol de Lewandowski

Nesta quarta-feira (21), o Barcelona empatou com o Napoli por 1 x 1, no Estádio Diego Armando Maradona, pelo jogo de ida das oitavas de final da Champions League. Com o resultado, o Barça vai decidir sua vida na competição contra os Azzurri no dia 12 de março, às 17h (horário de Brasília), no Estádio Olímpico Lluís Companys, na partida de volta.

Apesar de ser o visitante, o Barcelona não tomou conhecimento do Napoli. Os Blaugranas balançaram as redes com Robert Lewandowski, que aproveitou uma de suas únicas chances claras. Contudo, os Azzurri conseguiram manter as esperanças por uma vaga nas quartas da Liga dos Campeões graças a Victor Osimhen, que tirou um gol da cartola para sacramentar o empate.

Como foi Napoli x Barcelona pela Champions League

Mesmo fora de casa, o Barcelona foi para cima do Napoli, dominando as ações do 1º tempo. Aos sete minutos, Lamine Yamal escapou pelo meio e, da intermediária, arriscou uma finalização colocada. Contudo, Meret espalmou. Dali para frente, o Barça continuou fazendo uma pressão total nos Azzurri, que não conseguiam sair com a bola dominada do seu campo.

Já aos 21 minutos, João Cancelo escapou bem pelo lado esquerdo para entrar na área. Quase na linha de fundo, o lateral português fez um cruzamento rasteiro para trás, encontrando Robert Lewandowski. O centroavante polonês bateu de primeira, mas foi parado pelo goleiro do Napoli. No lance seguinte, o Barcelona voltou a chegar com perigo e quase balançou as redes.

Gundogan não quis nem saber e, da intermediária, mandou uma pancada para o gol. Meret precisou se esticar para mandar a bola para escanteio. Nos últimos 10 minutos da etapa inicial, os Azzurri conseguiram manter mais a posse e arriscaram chegar ao ataque. Contudo, não conseguiram passar pela defesa dos Blaugranas. Após um início animado, isso foi tudo até a ida para o intervalo.

Deixa que os artilheiros resolvem

A verdade é que o 2º tempo começou com um nível muito abaixo. O Barcelona não foi capaz de manter a mesma pegada, enquanto o Napoli pouco conseguiu fazer de diferente. Se a decisão na Liga dos Campeões caminhava para uma partida burocrática, foi aí que apareceu a estrela de Lewandowski. O goleador não precisa de muito para deixar sua marca.

Aos 14 minutos, Pedri deu um lindo passe para o atacante polonês na entrada da área. Ele dominou, cortou o marcador e bateu rasteiro para balançar as redes. E os Culés voltaram a finalizar seis minutos depois, quando o camisa 8 aproveitou uma sobra na meia-lua para experimentar de primeira. Apesar do chute ter ido no meio do gol, o goleiro dos Azzurri não conseguiu segurar e quase frangou.

O problema para o Barcelona é que o Napoli também tem um artilheiro que resolve. Aos 29 minutos, Anguissa passou para Osimhen na entrada da área. Inigo Martínez perdeu no duelo corporal e caiu, facilitando a vida do atacante nigeriano, que não costuma perder livre de marcação cara a cara com o goleiro. Com isso, o empate foi garantido no Diego Maradona.

O Napoli se animou com o gol e tentou partir para o abafa contra o Barcelona. A torcida foi no embalo e proporcionou um verdadeiro caldeirão. Contudo, o Barça sobreviveu a avalanche dos Azzurri e deixou a disputa por uma vaga nas quartas da Champions League sem uma definição. Por fim, nada de mais relevante aconteceu até o apito final.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo