Champions LeagueInglaterra

Com laterais artilheiros, Manchester City caminhou a uma goleada tranquila sobre o Brugge

Cancelo e Kyle Walker marcaram belos gols na vitória do City por 5 a 1, fora de casa, contra um adversário que estava invicto na Champions

O Manchester City contou com as infiltrações dos seus laterais, João Cancelo e Kyle Walker, para anotar dois belos gols e encaminhar a goleada tranquila por 5 a 1 sobre o Club Brugge, nesta terça-feira, fora de casa, pela terceira rodada da fase de grupos da Champions League. Riyad Mahrez, duas vezes, e Cole Palmer anotaram os outros tentos ingleses, e Hans Vanaken descontou.

Com o resultado, o City se recupera da derrota para o PSG e segue muito bem posicionado para passar às oitavas de final da Champions League. Está ganhando os jogos que mais precisa ganhar para atingir esse objetivo – e com folga. O Club Brugge, aliás, não era favas contadas. Havia empatado com os franceses, jogando bem, e vinha de vitória sobre o RB Leipzig. Queria descobrir se conseguiria também surpreender o atual campeão inglês.

Bom… não. O City dominou o primeiro tempo desde o início, com uma eventual pressão mais forte do Club Brugge para tentar retomar a bola. Demorou alguns minutos para conseguir criar boas chances de gol, porém. Kevin de Bruyne mandou em cima de Mignolet, por volta da meia hora, e o placar foi aberto em uma ótima combinação entre Phil Foden e João Cancelo.

Os visitantes tocaram a bola com calma na intermediária até Foden esticar do círculo central à entrada da área, onde Cancelo apareceu para dominar no peito e tocar com classe entre as pernas do goleiro. Antes do intervalo, Stanley N’Soki derrubou Mahrez dentro da área, o próprio argelino converteu o pênalti, e o City chegou aos vestiários ganhando por 2 a 0.

Para matar de vez o jogo, outra infiltração de um lateral. Mahrez ficou colado pela direita para abrir a defesa do Brugge e tocou ao meio para De Bruyne. O belga precisou apenas dar um tapa à frente, entre marcadores belgas, para encontrar a projeção de Walker. Com uma batida cruzada, o lateral direito ampliou a vantagem do City para 3 a 0.

A vantagem no placar foi a senha para Guardiola começar a rodar o seu elenco. Tirou Laporte, Bernardo Silva, Foden e De Bruyne e colocou Nathan Aké, Gündogan, Raheem Sterling e o garoto Cole Palmer. Em poucos minutos, Sterling subiu pela esquerda e acionou Palmer, 19 anos, na entrada da área. Dominou com a perna direita e bateu colocado no canto esquerdo para fazer seu segundo gol em sete partidas pelo time principal do City.

As rotações continuaram, com Fernandinho ganhando alguns minutos na vaga de Rodri, e o Club Brugge aproveitou para ficar um pouco mais engraçadinho. Aos 34 minutos, Charles de Katelaere se abaixou para cabecear com força no canto. Ederson fez uma grande defesa. Pouco depois, Ruud Vormer cruzou da direita e Hans Vanaken completou de primeira para marcar pela terceira vez em três jogos na fase de Grupos – uma vez em cada.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo