Estados UnidosMéxico

Jogador do Tijuana é preso na fronteira com EUA com 21 kg de metanfetamina no carro

A cidade de Tijuana, no México, é conhecida pela proximidade com a fronteira dos Estados Unidos. Tanto que a cidade é considerada parte da região metropolitana de San Diego, no sul da Califórnia. É a cidade de fronteira mais visitada do mundo. Cerca de 50 milhões de pessoas cruzam de San Diego a Tijuana ou vice-versa. E em uma das milhões de passagem pela fronteira, a fiscalização parou o carro do jogador do time B do Tijuana, Daniel Gómez, de 21 anos. Ele foi preso em seguida. A acusação? Tráfico de drogas. Foram encontrados 12,76 quilos de metanfetamina no seu carro. Mas isso antes da vistoria completa. Essa quantia ainda aumentaria dois dias depois.

LEIA TAMBÉM: Bola perdida em rio da Escócia é encontrada a 1,8 mil kms, no norte da Noruega

O jogador, que nunca disputou uma partida sequer na primeira divisão e só atua pelo time B dos Xolos na segundona mexicana, reconheceu que o carro é seu, mas disse que as drogas não. Ficou preso no Centro Correcional Metropolitano de San Diego.

Dois dias depois, encontraram mais 11 pacotes de metanfetamina escondidos no carro, em um total de 8,9 quilos. Daniel Gómez se defendeu dizendo que o veículo foi trocado com outra pessoa durante um mês. Diante do tribunal, a fiscal que o prendeu solicitou ao juiz que ele permanecesse preso em San Diego, dado o risco de fuga do país. Também foi negada fiança. O clube preferiu não se manifestar a respeito.

Jogador da base do Tijuana desde os 15 anos, o jogador não tem experiência atuando pleo time principal. Fez todas as categorias de base da equipe e atuava pelo time B do clube, que é formado por jogadores que estão acima da idade do time sub-20 e ainda não são aproveitados no time principal.

Além de jogador, Daniel Gómez também estudava Negócios Internacionais na Universidade Autônoma da Baixa Califórnia. O jogador foi preso no dia 5 de abril e chegou a ser dado como desaparecido pela família, até que a prisão por narcotráfico fosse anunciada. Nascido no México, Daniel Gómez também tem nacionalidade americana.

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo