Espanha

‘Champions League não mudará nada da minha decisão de sair’: Xavi não fica no Barcelona por nada

Invicto no Barcelona desde que anunciou sua saída, Xavi reforço que não vai voltar atrás - nem mesmo se vencer a Champions League

O Barcelona finalmente voltou às quartas de final da Champions League após vencer o Napoli por 3 a 1 na última terça-feira (12), no Estádio Olímpico Lluís Companys. Com cinco ‘orelhudas' conquistadas, o Barça não chegava a essa fase da competição desde 2019/20. Na temporada seguinte, caiu nas oitavas. Nos últimos dois anos, foi eliminado ainda na fase de grupos. E um dos responsáveis pela quebra do pequeno tabu é Xavi Hernández.

O curioso é que o técnico está cumprindo uma espécie de aviso prévio no Barcelona. Isso porque o ídolo espanhol anunciou, no final de janeiro, que irá embora no final da temporada. A decisão foi tomada após uma sequência ruim nos Blaugranas, ao ponto que torcida e imprensa contestaram a permanência de Xavi, apesar do título de La Liga em 2022/23.

Agora, parte dos críticos mudaram de ideia e sonham com o “fico” do treinador espanhol. Por coincidência ou não, Xavi Hernández está invicto no Barcelona desde quando definiu deixar o cargo. De lá para cá, são seis vitórias e três empates. Na briga pelo título da Liga dos Campeões, muitos começam a se perguntar se o ídolo não mudaria de ideia caso fosse campeão. Bom, ele mesmo garante que não vai retroceder nos Culés por nada:

— Neste momento, é impossível para mim mudar a minha decisão. Vou deixar o clube no final da temporada. Vocês (jornalistas) ficam me perguntando se ficarei se vencermos a Champions League. Não, eu não vou. Meu futuro não mudará. Minha resposta não mudará. Eu irei embora no final de 2023/24.

Jogadores do Barcelona defendem permanência de Xavi

Por mais que Xavi bate o pé, os próprios jogadores do Barcelona defendem sua permanência. Em entrevista após a classificação sobre o Napoli, Ronald Araújo contou que ainda tem esperanças do técnico não sair no final da temporada. Ao mesmo tempo, o zagueiro do Barça entende que essa é uma escolha pessoal do ídolo espanhol, que já reclamou inúmeras vezes da pressão que está sujeito devido ao emprego:

— Sim, claro (quero que Xavi fique). É uma decisão pessoal, ele se sentiu assim. Estamos muito felizes com ele, acredito que desde a chegada do Xavi cresci muito como jogador e obviamente sou muito grato. É uma decisão pessoal para ele.

Quem ecoa as palavras do companheiro é Fermín López, que ganhou a confiança de Xavi Hernández e tem sido peça fundamental do Barcelona em 2023/24. O treinador espanhol tem utilizado o meia de 20 anos com frequência nos Blaugranas. Não à toa, o jovem jogador argumenta que não gostaria de uma troca de comando:

— Espero que Xavi possa continuar no clube. Estamos aqui com ele até o fim. Serei sempre grato ao Xavi porque ele confiou em mim.

A troca de comando é inevitável

Apesar dos apelos dos atletas, dos torcedores e da mídia, uma troca de comando no Barcelona parece inevitável. Até lá, Xavi Hernández espera se despedir da Catalunha com o estilo. Enquanto aguardam a definição do adversário nas quartas de final da Liga dos Campeões — que será definido por meio de um sorteio na Uefa na próxima sexta-feira (15), os Culés voltam suas atenções para La Liga.

O Barcelona está na 3ª posição do campeonato com 61 pontos em 28 rodadas, oito pontos a menos que o líder Real Madrid. Aliás, o próprio Xavi já deixou claro que ainda confia no título espanhol, apesar do tamanho do desafio. Se o sonho de erguer La Liga no fim de 2023/24 não se realizar, os Blaugranas esperam levantar a sexta taça da Champions League.

Foto de Matheus Cristianini

Matheus Cristianini

Formado em Jornalismo pela Unesp, é apaixonado por esportes, acima de tudo futebol. Ama escrever sobre o que acontece dentro e fora de campo. Após passar por Antenados no Futebol, Bolavip Brasil, Minha Torcida e Esportelândia, se juntou à equipe da Trivela com muita vontade de continuar crescendo.
Botão Voltar ao topo