Espanha

Presidente do Barcelona revela por que demitiu Xavi logo após firmar permanência

À mídia oficial do clube, Joan Laporta conta que ex-técnico mudou de discurso e faria mudanças no elenco

A gestão do Barcelona mostrou não ter muita certeza sobre o planejamento do clube para próxima temporada com a demissão de Xavi Hernández no último mês.

A saída do técnico catalão veio pouco tempo depois do próprio Xavi confirmar que cumpriria seu contrato até o meio de 2025 em uma entrevista coletiva com o presidente do Barça, Joan Laporta, e o diretor esportivo Deco.

Agora, enquanto acerta os detalhes para a chegada de Hansi Flick, Laporta explicou a razão da rápida mudança de pensamento no Barça em relação ao comando técnico. A revelação veio em entrevista ao meio de comunicação da própria equipe.

Mudança no discurso fez Xavi sair do Barcelona, diz Laporta

Segundo o mandatário dos culés, a principal questão para optar pela demissão do ídolo foi a mudança no discurso.

Antes a favor de poucas mudanças no elenco e algumas chegadas pontuais, o histórico ex-meio-campista queria “mudanças substanciais” no time.

Ele também deu declarações em coletivas que revoltaram a direção — certa vez, Xavi disse que não seria possível lutar por títulos com esses jogadores.

Laporta, porém, não escondeu a gratidão ao ídolo e garantiu que as portas estão abertas para um retorno no futuro.

– Houve algumas declarações em que o discurso mudou e (Xavi) conversou com o diretor esportivo para fazer alterações substanciais no elenco. […] Xavi saiu de forma elegante, chegamos a um acordo e as portas do clube estão abertas para sempre.

Os receios por parte do treinador e da sua comissão nos levaram a apressar a decisão porque recebi mensagens com insistência e não queria fazer sofrer as pessoas que queriam saber o mais rapidamente possível. Meu coração me disse que eu tinha que continuar, mas minha cabeça me disse que eu tinha que mudar e eu disse isso a ele [Xavi].

O presidente do Barcelona não quis especificar os nomes que poderiam sair do clube, mas o programa Gol a Gol, do canal espanhol TV3, revelou uma lista de dispensa que teria Lewandowski, João Félix, Vitor Roque, Oriol Romeu e Marcos Alonso.

Chegada de Hansi Flick é “novo impulso” para Barça

O alemão Hansi Flick será o substituto do ídolo. E Laporta parece bem animado com a contratação, definindo por várias vezes como um “novo impulso” para o elenco atual — reforçando que não haverá grandes mudanças no plantel.

Acreditei que então teríamos que ajudar o plantel lhe dando um novo impulso [com a demissão de Xavi]. Tivemos a oportunidade de incorporar Hansi Flick, que acredita cegamente neste elenco e se vê capaz de vencer qualquer equipe. E isso foi decisivo para tomar essa decisão. […] Penso que devo dar esse novo impulso e, como líderes, temos o direito de mudar de ideias, como fez Xavi. Retificar é sensato.

E, ao contrário do antecessor, o novo técnico parece não concordar com a lista de dispensas divulgada. Quando comandava o Bayern de Munique, Flick se interessou por João Félix, segundo Laporta.

O jornal Marca publicou recentemente que o alemão vê o português como um jogador de alta qualidade.

João Cancelo, compatriota de Félix, é outro que o clube trabalha para manter. Deco já está trabalhando nisso, buscando provavelmente um novo empréstimo junto a Manchester City e Atlético de Madrid.

Ambos tiveram temporada irregular, especialmente o ex-Atlético, reserva por basicamente todo 23/24. O lateral, destro, passou por boa parte da temporada na esquerda pelas lesões da equipe.

A permanência da dupla de “graça” será importante para o Barcelona, visto as limitações contábeis que tem pelo rígido fair play financeiro de La Liga.

A imprensa espanhola publica que o clube necessita somar mais 50 milhões de euros em seu balanço para se adequar para temporada 2024/25.

Foto de Carlos Vinicius Amorim

Carlos Vinicius Amorim

Nascido e criado em São Paulo, é jornalista pela Universidade Paulista (UNIP). Já passou por Yahoo!, Premier League Brasil e The Clutch, além de assessorias de imprensa. Escreve sobre futebol nacional e internacional na Trivela desde 2023.
Botão Voltar ao topo