EspanhaLa Liga

Não se cansam! Iniesta e Messi fazem a festa contra o Levante

Sobrando rodada após rodada, o Barcelona sustenta o melhor início da história de La Liga. A vítima da vez foi o Levante, a 12ª em 13 jogos, igualando o feito do Real Madrid de 1991/92. Como de praxe, Lionel Messi foi uma das estrelas do triunfo, balançando as redes duas vezes e ficando a três tentos do recorde de Gerd Müller em um ano. Porém, o argentino foi ofuscado por Andrés Iniesta, autor de um golaço e três assistências no massacre por 4 a 0 no estádio Ciutat de Valencia.

A vitória deixa os blaugranas isolados na liderança, com 37 pontos, assegurando a vantagem de três pontos sobre o Atlético de Madrid. Além disso, aumenta para 11 a diferença sobre o Real Madrid. Já o Levante, em campanha regular na competição, aparece na sexta colocação,  com 20 pontos.

O Barcelona entrou com força máxima em campo, mas precisou fazer a primeira alteração logo aos 13 minutos. Daniel Alves se lesionou e foi substituído por Martín Montoya, que deixou os blaugranas com 11 jogadores formados na base.

O início da partida foi de bastante movimentação da equipe de Tito Vilanova, embora o Levante fechasse bem os espaços diante das intensas trocas de passes. E o primeiro lance de perigo foi dos anfitriões, em bomba de Barkero que Victor Valdés desviou. Somente a partir dos 20 minutos é que o Barça passou a arriscar a gol, com Lionel Messi e Xavi ficando no quase. Já o Levante incomodava nos contra-ataques impulsionados por Juanlu, mas também não marcou.

Somente na volta do intervalo é que o Barcelona tiraria o zero do placar. O primeiro veio aos dois minutos, em passe milimétrico de Iniesta para Messi, que encobriu o goleiro. Logo na sequência, o meia protagonizaria outro bom lance pela linha de fundo e passaria para o camisa 10 marcar o segundo dele, de primeira.

Iniesta deixaria o seu aos 15, no gol mais bonito da noite. O espanhol recebeu na entrada da área, cortou o marcador e soltou a bomba, indefensável para Munua. E o meia voltaria a servir os companheiros, ao tabelar com Fàbregas e ver o camisa 4 passar pelo goleiro antes de balançar as redes.

O Barcelona queria mais, ainda que Pedro tenha perdido duas excelentes oportunidades de fazer o quinto. No fim, o Levante ainda teve sua chance de descontar, em um pênalti mal marcado pela arbitragem. Victor Valdés defendeu a cobrança de Barkero e ainda fez milagre no rebote, em chute à queima-roupa de Ángel.

Confira os resultados da 13ª rodada de La Liga:

Sábado, 23/nov
Rayo Vallecano 2×0 Mallorca
Real Valladolid 1×0 Granada
Betis 1×0 Real Madrid

Domingo, 25/nov
Espanyol 0x2 Getafe
Athletic Bilbao 1×1 Deportivo
Atlético de Madrid 4×0 Sevilla
Levante 0x4 Barcelona

Segunda-feira, 26/nov
Zaragoza x Celta

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo