Espanha

Messi falou grosso para negar crise com Luis Enrique e saída do Barça

As especulações em torno de Lionel Messi costumam acontecer com frequência, muitas vezes alimentada pelo silêncio que o camisa 10 resolve ter diante de tanta falação. A mais recente é que o seu relacionamento com o técnico Luis Enrique é péssimo e que os dois nem se falam, como disse o Sport, jornal de Barcelona. A outra, também veiculada por jornais catalães, é que o jogador poderia deixar o Barcelona e defender Chelsea, Manchester City ou Paris Saint-Germain, clubes dispostos a dar cheques em branco pela sua contratação. Desta vez, porém, ele resolveu falar.

LEIA TAMBÉM:
– Contra a crise e as pancadas, o trio de craques foi a certeza do Barcelona para vencer o Atlético
– Entre tantos problemas, Luis Enrique terá que se resolver no Barça pelo caminho mais difícil
– Barcelona ameaça ir à justiça comum contra embargo de transferências, mas é liga que pode salvá-lo

Logo depois da vitória sobre o Atlético de Madrid, neste domingo, com um dos gols marcados por ele, Messi comentou sobre as especulações, o relacionamento com Luis Enrique, os rumores sobre a sua saída do Barcelona e até sobre a Bola de Ouro. Como raramente vemos, Messi falou grosso.

“Não é bom que procurem uma rivalidade entre Luis Enrique e eu porque não existe. Que não joguem merda de fora, porque isso só vai nos prejudicar. Eu ouvi muitas coisas. Nunca vim aqui negar nada porque frequentemente dizem que eu tinha um relacionamento ruim com Guardiola, Eto’o, Ibra, Bojan… Que eu expulsei as pessoas. Isso não é verdade. Eu nunca pedi para que o nosso técnico saísse, não importa o que a imprensa diga. Não é verdade, eu nunca faria isso”, declarou Messi.

O camisa 10 ainda deixou claro que esse tipo de especulação sai de Barcelona, uma espécie de fogo amigo. “Me magoa porque essas histórias saem daqui, de Barcelona. Não vem de Madri como outras vezes eles, vem daqui. Algumas pessoas querem atingir o clube e agora mais do que nunca é importante que nós estejamos juntos”, continuou o jogador.

Messi também bradou contra os rumores de uma transferência e, claro, negou tudo. “Eu ouvi muito antes e agora. Eles tentam dizer que eu mando no clube. Eu sou só um jogador no elenco, como todos os meus companheiros. Eu não tomo decisões ou peço que tomem. Eu não exijo nada para ficar porque eu não tenho intenção de ir a lugar nenhum. Eu ouvi rumores que o meu pai conversou com o Chelsea ou o [Manchester] City… Tudo mentira. Eu aproveito esta oportunidade para negar todos esses rumores para que as pessoas saibam a verdade”, declarou o argentino.

Por fim, a Bola de Ouro também foi tema da conversa. Ele admitiu que Cristiano Ronaldo e Manuel Neuer fizeram um grande ano. “Sou realista e sei que será complicado. Tanto Cristiano como Neuer fizeram um ano espetacular. Um fez muitos gols e ganhou a Champions League, o outro foi campeão do mundo. O que ganhar será merecido”, disse, humilde, o jogador. Até Messi sabe que em 2014 dificilmente o troféu vai para a sua casa. Que continua sendo Barcelona, segundo suas palavras.

Veja as declarações de Messi à TV Barça, em espanhol:

Mostrar mais

Felipe Lobo

Formado em Comunicação e Multimeios na PUC-SP e Jornalismo pela USP, encontrou no jornalismo a melhor forma de unir duas paixões: futebol e escrever. Acha que é um grande técnico no Football Manager e se apaixonou por futebol italiano (Forza Inter!) desde as transmissões da Band. Saiu da posição de leitor para trabalhar na Trivela em 2009.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo