La Liga

Na corda bamba do Sevilla, Diego Alonso precisa de uma vitória sobre o Mallorca se quiser manter seu emprego

Recém-chegado ao Sevilla, o já pressionado Diego Alonso ainda busca seu primeiro triunfo em LaLiga

Depois de um empate frustrante contra o Villarreal, onde conseguiu sair na frente na reta final do segundo tempo, mas logo sofreu o empate, o Sevilla volta a campo por LaLiga neste sábado (9). O adversário? O Mallorca, que também atravessa péssimo momento na temporada. O que sairá disso? Bom, ainda não sabemos. Certeza mesmo nós temos de uma coisa: a batata de Diego Alonso está assando, e caso o Sevilla não vença, crescem as chances de demissão do técnico espanhol.

O fraco trabalho de Diego Alonso até o momento

Campeão da Liga Europa com o Sevilla no ano passado, José Luis Mendilibar recebeu voto de confiança da diretoria do clube para mais uma temporada à frente da equipe. No entanto, o treinador espanhol acabou não resistindo por muito tempo. Foi demitido três meses após renovar seu contrato, tendo vencido apenas dois jogos em 2023/24.

Os dirigentes do Sevilla agiram rápido e escolheram Diego Alonso como novo técnico do time. Pelo menos até momento, a opção pelo profissional uruguaio se mostrou equivocada. Alonso chegou em outubro e, desde então, não conseguiu vencer sequer um jogo de LaLiga. Na principal competição do futebol espanhol, são cinco empates e uma derrota. Além disso, sob o comando do sul-americano, os Blanquirrojos perderam duas vezes para o Arsenal pela Champions Legue.

As únicas duas vitórias de Diego Alonso no Sevilla são pela Copa do Rei. Na primeira rodada do torneio de mata-mata, a equipe do uruguaio bateu o Quintanar por 3 a 0. Já na última quarta-feira (6), o time superou o Atlético Astorga e garantiu vaga na terceira fase.

Façamos um panorama atual da situação do Sevilla na temporada. Se por um lado a equipe está classificada na Copa do Rei, em contrapartida amarga um 15º lugar em LaLiga, com míseros 13 pontos ganhos. Na Champions League, a situação também não é nada animadora: lanterna do Grupo B, mas ainda com chances de alcançar o terceiro lugar e, consequentemente, uma vaga na Liga Europa, torneio no qual o clube é especialista. Para isso, precisa vencer o Lens na sexta e última rodada da chave.

Informações da imprensa espanhola dão conta de que Diego Alonso está na corda bamba do Sevilla. Por isso, qualquer tropeço pode ser fatal. Ainda mais diante de uma equipe que vive situação pior e luta contra o rebaixamento.

Campanha do Mallorca consegue ser ainda pior

A campanha do Sevilla em LaLiga é ruim. Mas a do Mallorca consegue ser pior ainda. O time do técnico Javier Aguirre tem 11 pontos conquistados e amarga o 17º lugar, uma posição acima da zona de rebaixamento. Em 15 partidas disputadas, a equipe venceu apenas uma, empatou seis e perdeu oito. São 13 gols marcados e 20 sofridos.

Na última quarta-feira (6), o Mallorca bateu o Valle de Egüés por 3 a 0 e avançou à terceira rodada da Copa do Rei. O expressivo triunfo dá moral aos comandados de Aguirre, que buscarão pontuar diante de um Sevilla confuso e também irregular. Como citado, o desempenho recente em LaLiga é preocupante. O time de Palma de Mallorca não vence há três jogos e vê o Z3 se aproximar cada vez mais rodada a rodada.

Artilheiro do Mallorca na atual edição de LaLiga, Abdón Prats é a grande esperança de gols da equipe. O  experiente centroavante de 31 anos já balançou as redes cinco vezes e concedeu uma assistência na competição. Camisa 9 na acepção da palavra, Prats ostenta bom trabalho de pivô e se destaca no jogo físico. Brigador e raçudo, o espanhol não tem bola perdida e costuma ser uma pedra no sapato dos zagueiros adversários.

Retrospecto histórico entre Mallorca x Sevilla

No último encontro das duas equipes, válido pelo returno de LaLiga 2022/23, o Sevilla levou a melhor e venceu o Mallorca por 2 a 0, no Estádio Ramón Sánchez Pizjuán. Na ocasião, Youssef En-Nesyri e Bryan Gil marcaram os gols.

  • 72 jogos
  • 31 vitórias do Sevilla
  • 16 vitórias do Mallorca
  • 25 empates
  • 113 gols marcados pelo Sevilla
  • 70 gols marcados pelo Mallorca
Foto de Guilherme Calvano

Guilherme Calvano

Apaixonado por futebol, uniu o amor pelo esporte mais popular do mundo ao jornalismo. Carioca da gema e grande entusiasta da Premier League, cobriu o Flamengo no Coluna do Fla e o Chelsea no Blues of Stamford. Na música, vai de Post Malone a Armandinho. Eclético assim como na área técnica. Afinal, Guardiola e Mourinho são suas referências.
Botão Voltar ao topo