La Liga

Real Madrid leva goleada de virada do Valencia com histórica tripleta de pênaltis de Carlos Soler

Valencia e Real Madrid fizeram um jogo para o livro dos recordes por um motivo curioso: pela primeira vez na história, três pênaltis foram assinalados em uma só partida contra os Merengues. Responsável pelas cobranças, Soler não desperdiçou suas chances, assinalou uma tripleta e deu a vitória de virada aos Murciélagos por 4 a 1 no Mestalla.

[foo_related_posts]

Preferido por Zidane em detrimento de Ferland Mendy, Marcelo foi titular na lateral esquerda e começou bem sua jornada, dando passe para um golaço de Karim Benzema, que de fora da área acertou o ângulo esquerdo superior de Jaume Domenèch para fazer 1 a 0 aos 23 minutos do primeiro tempo. Mais pra frente, o brasileiro participaria ativamente de outro gol, mas ao conceder pênalti para o Valencia.

Os donos da casa responderam cerca de dez minutos depois. Lucas Vázquez tentou interceptar cruzamento e tocou a bola com o braço. O pênalti foi marcado, e Soler foi para a cobrança. O meia parou em defesa de Courtois, acertou a trave no rebote, e Musah, na terceira tentativa, mandou para a rede. No entanto, o lance foi invalidado por invasão na área, Soler cobrou novamente e, desta vez, converteu.

O VAR voltou ao serviço antes do intervalo aos 43 minutos, quando Varane tentou cortar um cruzamento, mandou para o alto e viu ela cair sobre a linha do gol. A checagem por vídeo mostrou a bola ultrapassando a linha, e o gol contra do francês foi confirmado.

O Valencia começou o segundo tempo com a mesma energia com que terminou o primeiro e, logo aos dois minutos, quase ampliou para 3 a 1 em chute forte, de longe, de Lee Kang-in, desviado por Courtois e que carimbou a trave. Aos seis minutos, após boa jogada dos donos da casa dentro da área, Gayà tocou para Maxi Gómez, e o uruguaio foi derrubado por Marcelo. O pênalti foi marcado, Soler bateu no canto esquerdo e balançou a rede, mesmo com Courtois acertando o lado.

O Real Madrid tentou responder e, aos 11, Valverde forçou Domenèch a boa defesa após chute forte de fora da área. No rebote, Vinícius Júnior teve a chance de diminuir, mas mandou por cima do gol.

Ainda aos 14 minutos da segunda etapa, em dividida entre Sergio Ramos e Musah, o zagueiro espanhol tocou na bola com o braço esquerdo, e o terceiro pênalti foi assinalado. Carregando consigo a confiança das cobranças anteriores, Soler foi para a bola, escolheu o mesmo canto, assim como Courtois, mas venceu o belga e converteu para definir sua tripleta.

O Real Madrid não conseguiu reagir, e, mesmo com mais de 30 minutos restantes, o placar parou em 4 a 1. O resultado igualou em saldo as duas piores derrotas de Zidane no comando de Real Madrid (3 a 0 para o Barça em 2017 e 3 a 0 para o PSG em 2019). O Valencia ainda se tornou a segunda equipe a marcar quatro gols em um só jogo contra o Real de Zizou depois da Real Sociedad, que venceu os Merengues por 4 a 3 em fevereiro deste ano.

Com a derrota, o Real Madrid desperdiçou a oportunidade de alcançar a segunda colocação, estacionou em 16 pontos no quarto lugar e vê agora o arquirrival Atlético de Madrid, terceiro colocado, poder abrir quatro pontos de vantagem quando tiver a mesma quantidade de jogos que os Blancos.

Classements proposés par SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Leo Escudeiro

Apaixonado pela estética em torno do futebol tanto quanto pelo esporte em si. Formado em jornalismo pela Cásper Líbero, com pós-graduação em futebol pela Universidade Trivela (alerta de piada, não temos curso). Respeita o passado do esporte, mas quer é saber do futuro (“interesse eterno pelo futebol moderno!”).

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo