La Liga

Real Madrid conta com chute venenoso de Asensio para vencer o Granada e abrir vantagem na ponta

A vitória por 1 a 0, somada ao empata do Sevilla com o Osasuna, deixou o Real Madrid com seis pontos de vantagem na liderança

O Real Madrid exigiu dez defesas do goleiro do Granada, Luis Maximiano, e conseguiu marcar apenas a 15 minutos do fim da 23ª rodada do Campeonato Espanhol, mas a vitória por 1 a 0 deixa o time de Carlo Ancelotti com confortáveis seis pontos de vantagem no topo da tabela.

Após perder para o Athletic Bilbao pela Copa do Rei e empatar com o Elche por La Liga, o Real Madrid volta a vencer e aproveita o empate do Sevilla com o Osasuna para abrir vantagem. Antes, houve dois jogos em que conseguiu triunfar apenas na prorrogação, incluindo a Supercopa da Espanha.

Não foi o primeiro tempo mais empolgante de todos os tempos. O Real Madrid, com Marcelo titular apenas pela segunda vez nesta temporada do Campeonato Espanhol e sem Vinícius Júnior suspenso, teve problemas para furar a defesa do Granada, que teve a primeira boa chance, com Puertas lançado em velocidade e batendo forte. Courtois defendeu com o pé esquerdo.

Isco dominou dentro da área e acionou a batida de primeira de Asensio. Boa intervenção de Luis Maximiano. O momento em que o Real Madrid ficou mais próximo de abrir o placar na primeira meia hora foi graças ao lateral do Granada, Carlos Neva. Kroos inverteu o jogo para Carvajal, que jogou ao meio da área. Neva tentou cortar e acertou a sua própria trave.

Myrto Uzuni recebeu em ótima posição dentro da área, mas bateu fraco demais, fácil para Courtois. O ritmo do Real Madrid cresceu no fim da etapa inicial, e Maximiano teve que trabalhar bem duas vezes, em finalização de Asensio de fora da área e um bonito chute de primeira de Isco pela direita.

O Real Madrid aumentou o ritmo depois do intervalo. Rodrygo recebeu de Modric e exigiu boa defesa de Maximiano, que também trabalhou bem para barrar o chute rasteiro de Asensio, na sequência do lance. O primeiro gol quase saiu em uma jogada entre renegados, com Eden Hazard tocando para Luka Jovic, que dominou, abriu na perna esquerda e chutou para fora.

O único gol da partida saiu em um escanteio. Após Kroos lançar à área, a defesa do Granada afastou, Éder Militão desarmou e Asensio emendou a sobra com um chute de fora da área cheio de curva. Como se tivesse garantido um título, o meia-atacante saiu correndo e tirou a camisa.

Quase houve um pênalti, mas o árbitro António Mateu revisou a falta que Hazard recebeu de Gonalons na entrada da área e marcou apenas falta. Kroos tentou bater no ângulo, e Maximiano fez uma de suas dez defesas na partida.

.

.

Standings provided by SofaScore LiveScore

Mostrar mais

Bruno Bonsanti

Como todo aluno da Cásper Líbero que se preze, passou por Rádio Gazeta, Gazeta Esportiva e Portal Terra antes de aterrissar no site que sempre gostou de ler (acredite, ele está falando da Trivela). Acredita que o futebol tem uma capacidade única de causar alegria e tristeza nas mesmas proporções, o que sempre sentiu na pele com os times para os quais torce.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo