La Liga

Rafa Mir se valorizou nos Jogos Olímpicos e sobe de nível ao ser comprado pelo Sevilla

Rafa Mir vinha bem no Huesca e se destacou em Tóquio, descolando um bom negócio rumo ao Sevilla

Rafa Mir saiu bastante valorizado dos Jogos Olímpicos. O centroavante vinha de uma temporada boa com o Huesca, mas nada comparado com o protagonismo que teve em Tóquio. A prata olímpica da Espanha entra na conta do jovem, que saiu do banco e mudou a história das quartas de final contra a Costa do Marfim, com três gols. O atacante de 24 anos, então, virou um nome quente na janela de transferências e arrumou suas malas para a Andaluzia: nesta sexta-feira, o Sevilla anunciou a contratação. Mir custará €16 milhões, em negócio firmado com o Wolverhampton, dono de seus direitos.

Rafa Mir faz parte da legião de jogadores agenciados por Jorge Mendes. Assim, parecia natural que o empresário aproveitasse a onda ao redor do centroavante para cavar uma transferência. Mesmo com o Wolverhampton precisando de alternativas no ataque, o espanhol sabia que não permaneceria no Molineux. Houve um flerte claro com o Atlético de Madrid, que vislumbrava um novo reserva para Luis Suárez, assim como com o Valencia. Porém, o Sevilla acabou entrando na jogada e levou a melhor na negociação, pagando um preço até alto pelo atacante, cujo contrato com os ingleses acabaria em 2022.

Levado do Barcelona para o Valencia ainda na base, Rafa Mir fez sucesso com o segundo quadro dos valencianos, antes de ser comprado pelo Wolverhampton em 2018. O centroavante nunca teve sequência nos Lobos, passando os últimos três anos emprestado para diferentes clubes. Em 2018/19, disputou a segundona espanhola com o Las Palmas. Já em 2019/20, passaria o primeiro semestre no Nottingham Forest, mas não emplacou. Assim, chegou na segunda metade da temporada ao Huesca e teve uma contribuição decisiva no acesso à primeira divisão. Ficou por lá também durante a campanha na elite e se destacaria mais. Mesmo num time que terminou rebaixado, o jovem marcou 13 gols.

Pesa o destaque de Rafa Mir nas seleções espanholas de base. O atacante era reserva na equipe sub-21 que levou o título europeu em 2019. Velho conhecido do técnico Luis de la Fuente, ganhou também uma chance nos Jogos Olímpicos. E o centroavante arrebentou contra a Costa do Marfim, com seus três gols. Ainda que não tenha contribuído com outros tentos, seu nome ficou em evidência no bom desempenho da Roja. Agora, tentará se provar com regularidade em La Liga.

A contratação de Rafa Mir dá alternativas ao ataque do Sevilla. O atacante cabe melhor como homem de referência, usando bem a força física e aproveitando sua capacidade pelo alto, mas também pode entrar como ponta se necessário. Mas, pensando no estilo de jogo aplicado por Julen Lopetegui, é bem capaz que o espanhol se reveze com Youssef En-Nesyri como principal centroavante – e tome o posto enquanto o marroquino estiver disputando a Copa Africana de Nações em janeiro. O próprio treinador seria o maior entusiasta da contratação. Quem deve perder espaço é Luuk de Jong, que teve seu momento de protagonismo na conquista da Liga Europa em 2019/20, mas não correspondeu totalmente na Andaluzia.

O Sevilla faz um dos mercados mais movimentados nesta janela de transferências de La Liga. Os rojiblancos garantiram bons reforços em todos os setores. Marko Dmitrovic já estreou como goleiro titular, diante da ausência de Bono, enquanto Gonzalo Montiel e Ludwig Augustinsson aumentam as opções nas laterais. Além disso, Erik Lamela marcou dois gols mesmo saindo do banco na primeira rodada do Campeonato Espanhol. Resta saber se o impacto de Rafa Mir será tão imediato.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo