La Liga

Prévia de El Clasico: Gols no horizonte, com Barcelona e Real Madrid disparando todos os cilindros

Ambos os lados entram na partida de domingo em boa forma de gols e transbordando confiança.

Você sempre deve esperar o inesperado no El Clasico, mas se há uma coisa que devemos esperar quando o Real Madrid enfrentar o Barcelona neste domingo às 17h são gols. As duas equipes estão em excelente forma ofensiva antes do confronto de domingo no Santiago Bernabéu, com o Barcelona igualando fome de gols que o Real Madrid mostrou durante a maior parte da campanha.

O Barça marcou 20 vezes nos últimos seis jogos da LaLiga Santander, uma reviravolta notável, considerando que só havia conseguido nove gols nos seis anteriores. A chave para o renascimento foi a integração de seus recém-chegados Ferran Torres, Adama Traoré e Pierre-Emerick Aubameyang, além do veterano Dani Alves, que fez um retorno sensacional ao clube aos 38 anos.

Ferran, antigo atacante do Valencia, que assinou pelo Barcelona em janeiro após um ano e meio ao serviço do Manchester City, voltou de forma enfática à Espanha, marcando quatro gols e contribuindo com três assistências. Ele liderou a retumbante vitória do Barça por 4 a 0 sobre o Osasuna no último domingo com dois gols após marcar na vitória por 2 a 1 fora de casa sobre o Elche na semana anterior. “Eu disse que os gols viriam para Ferran”, disse o técnico Xavi Hernández à mídia, radiante de orgulho após a vitória sobre o Osasuna. “Era apenas uma questão de tempo.”

Outro jogador que se mostrou clínico para o Barcelona desde que se mudou da Inglaterra para La Liga é Aubameyang. O antigo capitão do Arsenal provou ser um sucesso instantâneo, marcando um hat-trick na vitória por 4 a 1 sobre o Valencia, naquela que foi apenas a sua segunda partida como titular. Ele seguiu com um gol contra o Napoli na Liga Europa e gols nas vitórias do campeonato sobre o Athletic Bilbao e o Osasuna. O atacante do Gabão tem sido prolífico onde quer que tenha jogado e La Liga é a quarta das cinco principais ligas da Europa que ele está atuando, depois da Ligue 1, da Bundesliga e da Premier League.

O Barcelona mal podia acreditar em sua sorte em conseguir um atacante tão comprovado em janeiro, e Xavi resumiu adequadamente a sensação de alegria do clube quando descreveu Aubameyang como um “presente que caiu do céu”. Depois, há Ousmane Dembélé, que está em plena forma e foi uma pedra no sapato do Osasuna na goleada por 4 a 0.

Adama, por sua vez, que nasceu em Barcelona e passou pela academia La Masia do clube, também provou ser uma arma muito útil, dando à equipe um notável impulso físico e deixando os zagueiros adversários aterrorizados.

Real Madrid: líder e confiante

O Barcelona entra em El Clasico em clima de confiança, mas o Real Madrid também em grande forma, subindo alto no topo da tabela LaLiga Santander e voando na Europa. A equipe de Carlo Ancelotti não poderia estar mais confiante após sua recente virada épica contra o Paris Saint-Germain na Liga dos Campeões.

Assim como o Barça, seu ataque é ronronante. Karim Benzema, que está no auge da carreira aos 34 anos, está em forma insaciável. Depois de marcar um hat-trick contra o PSG, ele estará particularmente interessado em causar algum dano contra o Barcelona, ​​depois de não ter conseguido marcar na vitória em outubro.

Seu parceiro no crime Vinícius Júnior não tem sido tão prolífico, mas tem sido igualmente crucial e sabe como configurar Benzema ou pontuar. O Barça, sem dúvida, passará boa parte de sua preparação pré-jogo tentando deter o imprevisível brasileiro, que o deixou mal na vitória por 3 a 2 na Supercopa da Espanha em janeiro.

Orgulho em jogo em El Clasico

Embora o resultado no El Clasico tenha muitas vezes desempenhado um papel importante na determinação do destino do título de La Liga, esse pode não ser o caso diretamente este ano, já que o Real Madrid está desafiando o Sevilla pelo primeiro lugar.

Mesmo com a forma brilhante do Barcelona no momento, Xavi admitiu que as chances de sua equipe pegar o Real Madrid são pequenas. “Ganhar La Liga é muito difícil, mesmo que vençamos o Real”, disse ele depois de vencer o Osasuna. “Isso é principalmente porque o Real Madrid não está escorregando. Eles só perderam duas vezes. Eles teriam que perder pontos quatro vezes, então não podemos ser muito otimistas”.

O orgulho está certamente em jogo, já que o FC Barcelona perdeu os últimos quatro encontros do campeonato com o Real Madrid. Eles tentarão reverter essa tendência no domingo à noite e certamente terão poder de fogo para alcançá-lo.

Você poderá conferir o ElClasico com exclusividade neste domingo (20), às 17h, no Star+! Confira mais na Programação de TV da Trivela

Mostrar mais

Conteúdos relacionados

Botão Voltar ao topo