La Liga

Lemar apareceu no fim e o Atlético de Madrid cumpriu sua parte para seguir no encalço

Imaginar uma reviravolta nesta reta final do Campeonato Espanhol parece bem difícil. Ela não dependeria apenas da competência do Atlético de Madrid, mas também de uma sequência considerável de tropeços do Barcelona. Ao menos, os colchoneros vão cumprindo sua parte. Neste sábado, a equipe de Diego Simeone visitou o Eibar. Conseguiu voltar do País Basco com os três pontos, auxiliada por Thomas Lemar. A cinco minutos do fim, o francês anotou o gol dos rojiblancos na vitória por 1 a 0. É o segundo triunfo consecutivo, desde a derrota no confronto direto com os blaugranas.

O Atleti encarou suas dificuldades em Ipurua. O Eibar finalizou mais e teve mais posse de bola, assustando vez ou outra. Em compensação, os colchoneros foram mais perigosos em suas chegadas e iam parando na atuação inspirada do goleiro Marko Dmitrovic. Foram três grandes defesas do arqueiro, até que os rojiblancos arrancassem o resultado no apagar das luzes, a cinco minutos do fim. Depois de uma bola brigada na intermediária, Koke avançou pela direita e deu um cruzamento açucarado para o meio da área. Conectou com Lemar, completamente livre. Só assim para conseguir vencer Dmitrovic.

O Atlético de Madrid chega aos 68 pontos, seis a menos que o Barcelona. Aguarda os oponentes, que pegam a Real Sociedad no Camp Nou, fechando a rodada deste sábado. Além disso, são sete pontos de vantagem em relação ao Real Madrid. O Eibar ocupa o 13° lugar, com 40 pontos, praticamente garantido em mais uma campanha na elite.

Mostrar mais

Leandro Stein

É completamente viciado em futebol, e não só no que acontece no limite das quatro linhas. Sua paixão é justamente sobre como um mero jogo tem tanta capacidade de transformar a sociedade. Formado pela USP, também foi editor do Olheiros e redator da revista Invicto, além de colaborar com diversas revistas. Escreve na Trivela desde abril de 2010 e faz parte da redação fixa desde setembro de 2011.

Artigos relacionados

Botão Voltar ao topo